LANÇAMENTO

Editorial | Chegou nossa visão popular da Paraíba, do Brasil e do Mundo

A edição zero do Brasil de Fato Paraíba chega às ruas

João Pessoa (PB)

,
Ele nasce em mutirão, feito por muitas mãos. É colorido e tem lado, o lado do trabalhador e da trabalhadora. É o Brasil de Fato Paraíba. / Geovane

Março chega trazendo bons ventos para o estado da Paraíba. Chuvas para molhar a terra seca, encher os açudes e rios de esperança, mulheres nas ruas contra a retirada de direitos e pela democracia, e o lançamento do jornal Brasil de Fato, um jornal diferente que tem a cara de sua gente e é o grito de luta do seu povo.

Ele nasce em mutirão, feito por muitas mãos. É colorido e tem lado, o lado do trabalhador e da trabalhadora. É o Brasil de Fato Paraíba. Nasceu num mês de luta, no mês de março do Dia Internacional das Mulheres. E, não por mera coincidência, as muitas mãos que arregaçaram as mangas para que ele pudesse existir, para fazê-lo nascer, parir, são mãos femininas, de mulheres de luta e da luta, de mulheres jornalistas.

Esse filho que agora nasce era por muitos esperado! É um sonho realizado que nos anima diante desse importante desafio de dar voz para ecoar os gritos das lutas e resistências cotidianas do povo da Paraíba, bem como de produzir uma visão popular diante dos diversos fatos da realidade que queremos melhor entender para poder transformar.

A propriedade dos meios de comunicação da Paraíba não difere do quadro nacional onde a extrema concentração é a regra. Poucos grupos empresariais cujos interesses particulares se sobrepõem ao bem comum do nosso povo. Diante disso, temos o dever ético e moral de agarrar com todas as forças a produção de outros conteúdos que comuniquem a nossa visão sobre a Paraíba, o Brasil e o mundo.

Onde encontrar

O Brasil de Fato já está presente em sete estados - RJ, MG, PR, PE, BA, SE e RN – e sua distribuição é gratuita. Na Paraíba, o Brasil de Fato inicialmente será mensal e estará sendo distribuídos nos pontos de maior circulação popular do estado. Em João Pessoa, vocês poderão encontrá-lo, bem cedinho, na CBTU, no Terminal de Integração, nos mercados públicos, nas feiras livres, sindicatos, igrejas, associações, escolas. Ele chegará também noutras cidades, tais como: Cajazeiras, Sousa, Patos, Campina Grande, Monteiro, Guarabira, Santa Rita e Bayeux. A nossa meta é chegar a todas as 223 cidades do Estado. E nós vamos conseguir, com a força da união!

O nosso maior prazer será ver o jornal fomentando debates e reflexões, servindo de referência para estudos escolares e para líderes comunitários nas suas lutas cotidianas por políticas públicas, por direitos, por democracia e por uma vida digna. Queremos convidar a todas as paraibanas e a todos paraibanos para participarem conosco nesse mutirão, desde o litoral, até o sertão. Mandando notícias e temas para que possamos transformá-las em informações de qualidade. Viva ao Brasil de Fato!

Edição: Monyse Ravenna