Soberania

Em respeito à Palestina, seleção Argentina desmarca amistoso contra Israel

Na última semana, palestinos protestaram durante treino da seleção argentina em Barcelona, na Espanha

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

Faixa exibida pela torcida argentina em Buenos Aires durante protesto contra o amistoso / Foto: Reprodução YouTube/HispanTV

A seleção argentina de futebol, que está em Barcelona, na Espanha, em preparação para a Copa do Mundo, decidiu desmarcar o amistoso que realizaria contra a seleção de Israel no próximo sábado (9) em Jerusalém. A decisão ocorreu a pedido dos jogadores após os treinamentos da equipe serem marcadas por protestos de palestinos e argentinos contra a partida.

"Esse amistoso seria como se nós celebrássemos o aniversário da ocupação das Malvinas", comparou o embaixador da Palestina em Buenos Aires, Husni Abdel Wadeh, em entrevista ao diário esportivo Olé. "Seria uma aberração, uma falta de respeito e uma agressão contra o sentimento do povo argentino", completou.

Na semana passada, o chefe da Associação Palestina de Futebol, Jibril Rajoub, enviou uma carta para a Associação Argentina de Futebol (AFA) em que ressaltou que Israel usaria o jogo como ferramenta política. O estádio que sediaria o amistoso fica em Jerusalém Oriental, área que os palestinos consideram capital de seu futuro Estado.

"Como foi amplamente noticiado na mídia, a partida está sendo disputada para comemorar o 70º aniversário do Estado de Israel”, escreveu Rajoub, no documento.

Edição: Diego Sartorato