ESTREIA BRASILEIRA

Em Rostov, Brasil empata com a Suíça por 1 a 1 na estreia da Copa do Mundo

Philippe Coutinho marcou o gol da Seleção, no primeiro tempo; confira análise do jogo

Brasil de Fato | Rostov, Rússia

,
Phillipe Coutinho comemora o golaço de fora da área / Lucas Figueireido/CBF

A Seleção Brasileira empatou com a Suíça por 1 a 1 neste domingo (17), em Rostov, na estreia da Copa do Mundo da Rússia. Com um ponto, a equipe do técnico Tite assume a segunda posição do grupo, atrás da Sérvia e ao lado da própria Suíça.

Primeiro tempo

Conforme prometido pelo técnico Vladimir Petkovic, a Suíça não jogou na retranca. Pelo contrário, adiantou a marcação, igualou a posse de bola e não deu espaços para as investidas de Neymar.

O Brasil só conseguiu impor seu futebol durante cinco minutos: dos 15 aos 20. Foi quando Philippe Coutinho recebeu com liberdade do lado esquerdo, próximo à grande área, e acertou um chute cruzado, com efeito, ao seu estilo. A bola ainda tocou a trave antes de balançar a rede suíça.

O golaço de Coutinho animou a torcida brasileira em Rostov, mas foi a Suíça quem controlou as ações no final da primeira etapa. O domínio territorial, no entanto, não resultou em nenhuma chance clara de finalização.

Segundo tempo

No intervalo, estava claro que o Brasil iria depender de seus talentos individuais para sair vitorioso do jogo de estréia.

Desde o início, a Suíça mostrava-se mais bem postada e ligada na partida. E foi num lance de desatenção, aos quatro minutos da segunda etapa, que o defensor Steven zuber aproveitou a cobrança de escanteio e subiu sozinho no meio da zaga brasileira para empatar o jogo.

A Seleção Brasileira cresceu imediatamente, e passou a criar boas oportunidades de gol. Aos 24, Coutinho recebeu passe primoroso de Neymar, cortou o zagueiro e bateu para fora.

A dez minutos do fim, Roberto Firmino aproveitou falha da zaga suíça, invadiu a área e chutou por cima.

Nos acréscimos, outras três chances. Firmino, de cabeça, parou no goleiro. O zagueiro Miranda, após rebote de escanteio, chutou desviado. Na última oportunidade, Renato Augusto empurrou para o gol, mas a zaga adversária tirou quase de cima da linha.

O próximo jogo do Brasil será no dia 22 de junho, sexta-feira, em São Petersburgo, contra a Costa Rica.

Edição: Pedro Ribeiro Nogueira