Copa 2018

Direto da Rússia: seleções semifinalistas foram mais "malandras" que o Brasil

Levantamento mostra que a equipe comandada por Tite usou pouco da "malandragem" quando vencia os jogos

Moscou, na Rússia

,

Ouça o áudio:

O levantamento ajuda a derrubar a tese de que os europeus são mais disciplinados em campo. / Fifa

A Seleção Brasileira foi uma das que menos usou da "malandragem" para segurar resultados durante a Copa.

O portal FiveThirtyEight fez um levantamento para analisar a demora na reposição de bola das equipes quando estavam em vantagem no placar.

Os números divulgados até o início das quartas-de-final indicam que o Brasil só fez mais cera que a Polônia nesta Copa.

Entre as seleções semifinalistas, a França ficou em quarto, e a Inglaterra em quinto no ranking do atraso para reposição de bola. Croácia e Bélgica aparecem em 12º  e 13º, respectivamente.

O levantamento ajuda a derrubar a tese de que os europeus são mais disciplinados em campo. Embora o Peru seja o primeiro do ranking, as seleções do Velho Continente ocupam quatro das cinco primeiras posições.

Edição: Tayguara Ribeiro