À Venda

Doria vai aos Emirados Árabes "vender" São Paulo

Prefeitura produz vídeo institucional no qual anuncia “maior programa de privatização da história”

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,
Prefeito pretende entregar até mesmo serviços funerários à iniciativa privada / Rovena Rosa/ Agência Brasil

Em sua primeira viagem internacional, o prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) foi aos Emirados Árabes Unidos promover seu programa de privatizações. A Prefeitura municipal elaborou um vídeo em que a anuncia o “maior programa de privatização da história” da cidade.

“O objetivo é promover a privatização que teremos em São Paulo, com 55 lotes de privatização, concessão e PPPs", afirmou Doria no sábado (11), um dia antes de chegar a Dubai. Na viagem, ele ainda deve visitar Abu Dhabi e Doha.

Doria, que volta a São Paulo no dia 19 de fevereiro, reafirmou a intenção de privatizar Interlagos citando o Autódromo de Abu Dhabi como modelo a ser seguido.

Vídeo

Um vídeo institucional da Prefeitura de São Paulo no Youtube divulga os setores que Doria pretende entregar à iniciativa privada.

Apontando fatos – como o de que a cidade concentra 50% dos bilionários do país e tem a maior concentração de shopping centers – a produção lista uma série de ativos atualmente públicos que seriam do interesse de investidores privados, que teriam oportunidades de “patrocínio, gerenciamento e de operação”.

Além de Interlagos, o estádio do Pacaembu e o Anhembi, o vídeo menciona também o Parque do Ibirapuera, o Mercado Central – conhecido como Mercadão -, terminais de ônibus, o sistema de bilhetagem do transporte público e a iluminação. Até mesmo os serviços funerários e propriedades imobiliárias são indicados.

Edição: José Eduardo Bernardes