Direitos

Rede Nacional de Advogadas e Advogados Populares debate sistema de justiça brasileiro

Evento começa nesta quarta-feira (6) e analisará também os retrocessos sociais e as lutas populares sob o governo Temer

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

Lema do encontro neste ano será "Nenhum direito a menos" / Ivan Cruz Jacaré

Em repúdio às políticas de retirada de direitos que o governo golpista de Michel Temer (PMDB) vem promovendo, Rede Nacional de Advogadas e Advogados Populares (RENAP) realiza seu encontro nacional em Minas Gerais. 

Sob o lema "Nenhum direito a menos", a 22ª edição deste evento acontece entre os dias 6 e 10 de setembro e conta com a participação dos membros da Rede, de movimentos populares e de estudantes de direito, para debater e articular demandas urgentes ao sistema de justiça brasileiro. 

O encontro começará com um debate sobre o sistema de justiça, retrocessos sociais e lutas populares nesta quarta-feira (6), das 18h às 22h na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Minas Gerais, localizada na Rua Albita, número 250, no município de Cruzeiro. 

O evento contará com a presença da socióloga e ouvidora da Defensoria Pública da Bahia Vilma Reis, que é referência em ações em prol de direitos das mulheres, jovens e da população negra. Para dialogar sobre as lutas no campo e na cidade, também participarão representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), e a Comissão Pastoral da Terra (CPT). 

Na quinta-feira (7), representantes de diversos setores debaterão sobre a conjuntura nacional. Estarão presentes representantes da Coordenação Nacional de Articulação das Comunidades Negras Rurais Quilombolas (CONAQ), da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, da Via Campesina e do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), que se soma trazendo o panorama das lutas urbanas pelo país.  

O evento de quinta acontece às 14h, na Escola Sindical Sete de Outubro, em Barreiro de Cima, na capital mineira, Belo Horizonte. 

Edição: Mauro Ramos