PAPO ESPORTIVO

Papo Esportivo | O Vasco está chegando. E isso não é obra do acaso

São nove partidas sem derrota e uma arrancada que fez muita gente se surpreender

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)

,

Ouça a matéria:

Nenê e Evander marcaram os gols da vitória sobre o Santos / Nelson Costa / vasco.com.br

Caro amigo, eu sei que você já deve estar cansado desse papo, mas é sempre bom repetir: o velho e rude esporte bretão é simplesmente fantástico. Quem pensaria que o Vasco (time apontado por muitos como candidato ao rebaixamento no início do Brasileirão) fosse disputar uma vaga no G7? Pois é, rapaz… A vitória sobre o Santos em plena Vila Belmiro mostrou uma equipe organizada e aguerrida, que não se abalou com o gol de Ricardo Oliveira e conseguiu uma bela virada com golaços de Evander e Nenê e boas atuações de Paulinho e Wellington.

Você pode até pensar que os deuses do futebol podem jogar uns dados lá em cima e premiar esse ou aquele time apenas por obra de um “ócio divino”. Mas eu lembro (mais uma vez) que estamos falando de um esporte coletivo e que o tal “acaso” nada mais é do que a combinação de persistência com um trabalho bem feito. E é aí que chegamos em Zé Ricardo. Desde que ele chegou ao Vasco, o time só perdeu uma vez (para o Corinthians no fatídico gol de mão marcado por Jô). São nove partidas sem derrota e uma arrancada que fez muita gente se surpreender. E o comandante vascaíno tem grande participação nessa campanha, aliando o bom trato com os jogadores a um trabalho tático sério e bem executado. É óbvio que o time ainda tem seus problemas. Luís Fabiano ainda não conseguiu ter uma sequência e o argentino Andrés Ríos, apesar de voluntarioso, segue sem mostrar a que veio. Por outro lado, é possível notar que nomes como Madson, Gilberto, Wellington, Paulinho, Nenê, Yago Pikachu e muitos outros estão rendendo muito mais depois da chegada de Zé Ricardo a São Januário. Só é uma pena que o clima tenso nos bastidores (junto com as “urnas misteriosas”) atrapalhe o andamento do time em alguns momentos.

O Vasco está chegando. De mansinho. Mas está chegando com força na briga pelo G7. E a tendência é que esse cenário fique ainda mais favorável com o retorno a São Januário depois de um longo e tenebroso inverno. A conferir.

BOTAFOGO

O Glorioso é outro que segue na briga por uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores de 2018. O time venceu bem o Sport Recife e parece ter deixado a impressão de que a atuação pífia contra o Fluminense foi apenas um acidente de percurso. Como diria Beth Carvalho, esse é o Botafogo que eu conheço.

FLAMENGO

O Mengão é outro que deu um alento à sua torcida e venceu bem o Cruzeiro. O resultado manteve o time no G7 e ainda acalmou (um pouco) os ânimos dentro do clube. Certo é que Lucas Paquetá e Vinícius Júnior pedem passagem na equipe. Alô, Rueda!

FLUMINENSE

O Fluzão tem mais algumas rodadas para tentar alguma coisa. Ou luta contra a degola ou tenta um milagre digno do “Time de Guerreiros” e entra na luta pelo G7. Mas é preciso repetir a boa atuação contra o Botafogo. Não será fácil.

Grande abraço e até a próxima!

Edição: Vivian Virissimo