História

Família em Pernambuco é relato vivo da história de superação de Lula

Ex-presidente é personagem querido e popular no interior pernambucano

Brasil de Fato | Caetés (PE)

,
Gilberto Ferreira, primo de primeiro grau de Lula pelo lado materno, ainda lembra as dificuldades vividas na infância do ex-presidente / Foto: Júlia Rohden

O sítio Vargem Cumprida fica a 5 quilômetros da sede do município de Caetés, no agreste pernambucano. A cidade tem menos de 30 mil habitantes e fica a 248 quilômetros da capital, Recife.

E foi em Vargem Cumprida que, em outubro de 1945, nasceu Luiz Inácio da Silva, o Lula que conhecemos.

De uma família de nove irmão, Luiz Inácio repetia a sina das crianças camponesas pobres que nasciam todos os dias no Semiárido nordestino: a brincadeira se misturava ao trabalho duro desde cedo e a fome era presença constante.

O pai de Lula migrou para São Paulo deixando a mãe, dona Lindu, com nove filhos pequenos para criar. Desde cedo a solidariedade salvou Luiz Inácio de um destino muito comum no período, a mortalidade infantil. Seu Gilberto Ferreira tem 71 anos e é primo em primeiro grau de Lula, é agricultor e conviveu durante a infância com a família inteira. Ele relembra que era seu pai, irmão de dona Lindu, que carregava água por quatro quilômetros para a família da irmã.

Em 1952, Luiz Inácio, junto com a família, seguiu um roteiro comum às famílias pobres da época: a migração para grandes cidades. São Paulo era o destino mais comum, pau-de-arara o meio de transporte mais acessível. E lá se foi a família de 10 pessoas “tentar a vida” na cidade. O restante da história é conhecida, a do metalúrgico que chegou à Presidência da República e ajudou a mudar a vida, sobretudo, dos mais pobres no Brasil.

Seu Gilberto morou a vida inteira em Caetés, a maior parte do tempo na zona rural e, há 13 anos na região urbana do município, ele leva uma vida modesta, como a maioria dos moradores da pequena cidade.

“Nossa vida melhorou muito depois dos governos de Lula e Dilma, mas melhorou como a de todas as pessoas humildes do país, não tivemos privilégios, só orgulho de ter Lula na família”, diz. Gilberto conta que Lula voltou a Caetés algumas vezes antes depois de ser presidente e que agora aguarda a próxima visita. "Tenho certeza que ele vai sair da prisão, que é injusta, e vai ser o próximo presidente do país, e nós vamos estar aqui para continuar apoiando”.

Hoje, em Vargem Cumprida existe uma réplica da casa da família, já que a construção original foi destruída há muito tempo. Em Caetés e em toda a região, Lula é muito popular e querido. Na cidade vizinha Garanhuns, ele teve 90% dos votos válidos em 2006, e Dilma Rousseff, 85%, em 2010. Nas últimas pesquisas de opinião divulgadas, Lula tem 65% das intenções de voto do povo pernambucano para as eleições presidenciais deste ano.

Edição: Diego Sartorato