Eleições 2016

Dezoito das 26 capitais terão segundo turno

Os oito vencedores já neste domingo (3) se dividem em sete partidos

Rede Brasil Atual

,

Ouça o áudio:

Rede Brasil Atual / Reprodução

Dezoito das 26 capitais terão segundo turno daqui a quatro semanas, no dia 30. É uma a mais do que em 2012. Os oito vencedores já neste domingo (3) se dividem em sete partidos: o PSDB ganhou duas prefeituras, conseguindo a reeleição em Teresina e obtendo vitória expressiva no maior colégio do país, em São Paulo, com 8,886 milhões de eleitores. Nas demais, DEM, PDT, PMDB, PSB, PSD e PT ficaram com uma capital cada.

Chama a atenção o alto número de eleitores que não votaram em ninguém. O principal exemplo é justamente em São Paulo, onde quatro em cada dez não tiveram candidato: 21,84% se abstiveram, 11,35% votaram nulo e 5,29% em branco. Em 2012, o total de abstenções, nulos e brancos somou 31%. O candidato vitorioso insistiu justamente, durante sua campanha, em se reafirmar como gestor e não como político.

No segundo maior colégio, o Rio de Janeiro (4,898 milhões), foram 21,25% de abstenções, 10,30% de nulos e 3,17% votos em branco. Na capital fluminense, o candidato do Psol, Marcelo Freixo, conseguiu chegar ao segundo turno contra Marcelo Crivella, do PRB.

Os números de Belo Horizonte foram ainda maiores do que os de São Paulo. Na capital mineira, que terá uma disputa entre João Leite (PSDB) e Kalil (PHS), a abstenção somou 21,66%, os votos nulos atingiram 14,28% e os votos em branco, 7,20%. De 1,927 milhão de eleitores, mais de 700 mil se abstiveram ou votaram em branco ou nulo.

Confira a versão em áudio da matéria (para baixar o arquivo, clique na seta à esquerda do botão compartilhar):

Vitorioso em quatro capitais em 2012, o PT conseguiu manter uma prefeitura, a de Rio Branco, com Marcus Alexandre, e vai disputar o segundo turno em Recife. Na capital paraibana, João Pessoa, venceu o mesmo candidato de quatro anos atrás, Luciano Cartaxo, mas ele deixou o PT para se filiar ao PSD.

Principal vencedor há quatro anos, com cinco capitais, o PSB emplacou uma agora (Palmas) e irá disputar em três: Aracaju (contra o PCdoB), Goiânia (contra o PMDB), Recife (contra o PT).

O PSDB, que havia conquistado quatro capitais em 2012, ganhou duas neste domingo e estará disputando nove no próximo dia 30: Belém (Psol), Belo Horizonte (PHS), Campo Grande (PSD), Cuiabá (PMDB), Curitiba (PMN), Maceió (PMDB), Manaus (PR), Porto Alegre (PMDB) e Porto Velho (PTB).

Também foram reeleitos ACM Neto (DEM), em Salvador, e Teresa Surita (PMDB), em Boa Vista, Carlos Eduardo (PDT, Natal) e Carlos Amastha (PSB, Palmas). De 20 prefeitos de capitais que disputaram a reeleição, sete ganharam e oito vão para o segundo turno (Belém, Fortaleza, Macapá, Manaus, Maceió, Recife, São Luís e Vitória). Cinco não conseguiram novo mandato: João Alves (DEM, Aracaju), Gustavo Fruet (PDT, Curitiba), Alcides Bernal (PP, em Campo Grande), Dr. Mauro (PSB, Porto Velho) e Fernando Haddad (PT, São Paulo). No Rio de Janeiro e em Belo Horizonte, os atuais prefeitos não conseguiram levar seus candidatos para o segundo turno.

Com informações da Agência Brasil