Judiciário

Lula pede que condenação no caso triplex seja levada à Justiça Eleitoral

O pedido foi feito após decisão do STF de enviar aos tribunais eleitorais casos de corrupção associados a caixa dois

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,
Ex-presidente está preso desde abril do ano passado em Curitiba / Fernando Frazão/Agência Brasil

A defesa do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) pediu, nesta segunda-feira (25), ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para anular a condenação no caso do apartamento triplex em Guarujá (SP) e mandar o processo à Justiça Eleitoral. 

O pedido foi feito depois que o Superior Tribunal Federal (STF) decidiu no dia 14 de março enviar aos tribunais eleitorais crimes comuns que tenham relação com crimes eleitorais, como, por exemplo, casos de caixa dois. Segundo a defesa do ex-presidente, a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) diz que parte da suposta propina recebida pelo Partido dos Trabalhadores (PT) teria fim eleitoral. 

A defesa de Lula diz que o caso deveria ter sido julgado, desde o início, pela Justiça Eleitoral, e quer que o ministro Felix Fischer, relator no STJ, leve o tema para a Quinta Turma do STJ.

Lula está preso desde abril do ano passado, condenado a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. 

 

 

Edição: Aline Carrijo