Rádio

Entrevista exclusiva com Lula é destaque dos programas nas rádios em SP, RJ, MG e PE

As edições vão ao ar nos sábados, com reprise aos domingos pela manhã

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,
O ex-presidente concedeu entrevista exclusiva à jornalista Beatriz Pasqualino e falou sobre temas como a reforma da Previdências e eleições / Arte: Brasil de Fato

A entrevista exclusiva com o ex-presidente Lula é destaque nas edições do Programa Brasil de Fato nas rádios de MG, RJ, PE, SP e na cidade de Sorocaba. Na conversa com a jornalista Beatriz Pasqualino, Lula fala sobre a reforma da Previdência e outros ataques do governo golpista de Michel Temer contra os trabalhadores brasileiros e responde perguntas de ouvintes de várias regiões do Brasil.

O ex-presidente também deixa claro que as acusações e as tentativas de tirá-lo da disputa das próximas eleições não o abalam: “Eu nasci pra brigar, então quero dizer que eu estava quietinho no meu lugar, eu não precisava ser candidato à presidente, porque eu já fui, e bem-sucedido. Mas, eles cutucaram a onça com vara curta e a onça vai brigar.”

Ele realiza, a partir do dia 04, mais uma fase da Caravana Lula pelo Brasil, que já passou pelo Nordeste e o Estado de Minas Gerais. Desta vez, Lula percorre o Estado do Espírito Santo e Rio de Janeiro. O Brasil de Fato embarca mais uma vez com Lula e você poderá acompanhar com exclusividade pelo site

As andanças do ex-presidente o permite ver de perto a situação do país. Na entrevista, Lula demonstra suas preocupações com os desmontes dos direitos trabalhistas e o consequente retorno à pobreza. Lula também destaca a importância da reforma agrária e dos pequenos agricultores, que são os principais responsáveis pela comida na mesa dos brasileiros.

Por fim, o ex-presidente reafirma o compromisso com os brasileiros nas próximas eleições: “Se eu for candidato em 2018, estou propondo um referendo revogatório, a gente vai ter que pedir autorização no Congresso Nacional para que possamos mudar muita coisa que foi feito de errado neste governo golpista.”

O ex-presidente finaliza a entrevista pedindo a música “Triste Partida”, cantada por Luiz Gonzaga. A canção é, na verdade, uma poesia de Patativa do Assaré e conta a história de uma família de retirantes nordestinos que partem em busca de melhores condições de vida.

Além da entrevista com Lula, a edição de São Paulo traz matéria em homenagem a Frei Henri Burin des Roziers, advogado e religioso parisiense que atuou na Comissão Pastoral da Terra (CPT), na região de Xinguara (PA), por mais de 30 anos, representando familiares e vítimas de conflitos agrários e do trabalho escravo. Ele nos deixou na semana passada e os amigos próximos recordam sua trajetória na luta em defesa dos camponeses.

Ainda sobre os trabalhadores do campo, ocorreu, na semana passada, a inauguração de mais uma unidade da loja Armazém do Campo, do MST, em Belo Horizonte (MG). O repórter José Eduardo Bernardes acompanhou de perto o primeiro dia de funcionamento e traz, no quadro Momento Agroecológico, o lançamento da cerveja que leva o nome de Maria Prestes, militante e companheira de Luiz Carlos Prestes, líder do Partido Comunista Brasileiro. A cerveja foi idealizada por quatro mulheres cariocas, donas da marca Cervejaria Feminista, provando que o mercado cervejeiro também é coisa de mulher. 

E dia 2 de dezembro é Dia Nacional do Samba! Pra comemorar, com samba no pé, tem Beth Carvalho e Paulinho da Viola. 

Na edição de Sorocaba, Carlos Drummond de Andrade é o nome da vez no quadro Mosaico Cultural. A repórter Mayara Paixão conversou com o professor de literatura Norival Junior sobre o poeta mineiro, que é uma das principais vozes da literatura nacional. O programa também destaca uma situação alarmante: você sabia que desde 2008 o Brasil é campeão no ranking de consumo de agrotóxicos no mundo? E que muito do que é colocado na mesa dos brasileiros está na lista de alimentos com mais venenos no país? Um desses produtos é o tomate. Por isso, o quadro Alimento é Saúde desta semana, destaca os benefícios de consumir o tomate orgânico.

Já o programa desta semana no Rio traz uma reportagem sobre o abandono do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), pensado como o maior empreendimento da história da Petrobras. As obras estão paralisadas desde 2014. A previsão era de que a entidade gerasse mais de 20 mil empregos, mas hoje há apenas 600 trabalhadores atuando na manutenção. O Comperj vai ser uma das paradas da Caravana do Lula pelo Rio de Janeiro, que terá início na próxima semana. Outro tema que vai mobilizar a visita de Lula no Rio é a defesa da educação pública. Essa edição traz também uma reportagem sobre a situação da Universidade do Estado do Rio (Uerj), que amarga o sucateamento e as ameaças de privatização da educação superior pública.

E no embalo do Dia Nacional do Samba, o programa está recheado de participações dos ouvintes contando e cantando os sambas que marcaram as histórias deles.

A edição traz ainda os detalhes da IX Feira Estadual da Reforma Agrária Cícero Guedes, que começa no próximo dia 4, no centro carioca. Além de frutas, legumes e outros produtos sem agrotóxicos, vindos direto das mãos de trabalhadores rurais, haverá atrações culturais, como modas de viola, palestras e exibição de filmes. 

Na capital paulista, a sintonia é a Rádio 9 de Julho (1600 AM), às 12h20, com reprise aos domingos às 7h. Os pernambucanos ouvem o programa na Rádio Clube (720 AM) aos sábados às 7h, com reprise aos domingos no mesmo horário. Na Rádio Autêntica (106,7 FM), em Belo Horizonte, a edição é veiculada a partir das 11h de sábado, com reprise no domingo às 7h. No Rio de Janeiro, a sintonia é na Rádio Fluminense (540 AM), todo sábado, às 09h, com reprise aos domingos no mesmo horário. Em Sorocaba, na Rádio Super (87,5 FM), o programa vai ao ar sábado às 12h, com reprise aos domingos no mesmo horário. Os programas também estão disponíveis na Radioagência Brasil de Fato.

O programa de Pernambuco destaca o adiamento da votação da reforma da Previdência, que estava prevista para acontecer na semana que vem. A PEC 287 seria votada no dia 5 de dezembro, mas devido ao pouco tempo de trabalho que ainda resta ao Congresso até o final do ano, demais temas acabaram passando na frente, como o orçamento da União. Lembrando que são necessários 308 votos para a medida passar e esse pode ser um dos motivos do adiamanto, pois, segundo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o governo não tem essa quantidade para aprovar a reforma.

No quadro “O que tu indica?", a mineira militante da Consulta Popular e também publicitária, Diva Braga, indica aos ouvintes o clássico "Grandes Sertões Veredas", de Guimarães Rosa. O livro retrata as lembranças do jagunço Riobaldo e as narrativas sertanejas que revelam as características da região. E tem aniversário também! No dia 28 de novembro, a Rádio Camponesa FM, do MST, localizada em Itaberá, município de São Paulo comemorou 19 anos de comunicação voltada às famílias assentadas da região, fortalecendo a comunicação popular.

O ouvinte também confere matéria sobre a proibição do uso de amianto na construção civil, em todo o Brasil, proferida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na quarta-feira (29). A substância está relacionada a casos de câncer e já é banida em outros países.

Em Minas Gerais, o programa traz matéria sobre o primeiro campeonato de futebol brasileiro de times gays, que aconteceu no último final de semana, no Rio de Janeiro. O vencedor é o time Barbixas, de Belo Horizonte, composto por rapazes gays, bis, travestis ou trans.

Também tem cultura nesta edição. Estudantes de teatro do Palácio das Artes criaram peça inspirada no Manual do Guerrilheiro Urbano, última obra de Carlos Marighella. A peça, em cartaz na cidade de Belo Horizonte, recorda a luta do revolucionário brasileiro e é tema da reportagem de Wallace Oliveira.

Tem novo quadro no programa! O Amiga da Saúde, com a enfermeira Sofia Barbosa, vai tirar dúvidas dos ouvintes sobre o tema. Para finalizar a edição pernambucana, tem a coluna do jornalista João Paulo Cunha, com análises sobre as atitudes do PSDB frente as eleições que se aproximam e o desembarque da legenda do governo Temer. O colunista ainda destaca as artimanhas de Aécio Neves para pular do barco do PMDB.



Ouça, na íntegra, as edições do dia 2 de dezembro:

São Paulo

Pernambuco

Minas Gerais

Rio de Janeiro

 

Edição: Camila Salmazio