RÁDIO

Ouça o programa Brasil de Fato - Edição Pernambuco - 17/02/18

Qual a mensagem popular que ainda ecoa do carnaval? Também conversamos sobre a situação para a nossa aposentadoria

Brasil de Fato Pernambuco | Reife (PE)

,

Ouça a matéria:

Entrevistamos Calos Veras, presidente da CUT PE, além de destacarmos algumas mensagens políticas no meio da folia em Pernambuco e no Brasil. / Arte: Brasil de Fato


Entre as cinzas momescas e os preparativos de greve nacional, o destaque da 51ª edição do programa Brasil de Fato Pernambuco é a entrevista com Carlos Veras, presidente da CUT Pernambuco. No bate-papo, o cutista faz uma avaliação sobre a situação da população do governo não-eleito de Michel Temer, do MDB, diante dos catorze meses de tentativas de alterações nas regras da aposentadoria. Além disso, a entrevista destaca os preparativos em Pernambuco para a greve nacional e os atos políticos da próxima segunda-feira (19).



Outro destaque na edição é a cobertura sobre as mensagens populares diante da política no país. Da segunda-feira de Carnaval, acompanhamos o Bloco Sem Terra, que percorreu as ladeiras de Olinda (PE) e homenageou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Também apresentamos entrevista da repórter Norma Odara com Thiago Monteiro, que é diretor de carnaval da Escola de Samba Paraíso do Tuiuti. Ainda no clima momesco, teve cobertura de casamento no meio da folia e os detalhes sobre bloco feminista "Sou gorda, mas Pulo", que vai sair pelas ruas do bairro de Passarinho neste domingo, dia 18 de fevereiro.



Também tem entrevista com o médico Thiago Henrique Silva. Ele faz uma relação entre os impactos do maior crime-tragédia da história do país, causado por mineradoras na bacia do Rio do Doce, em novembro de 2015, com o surto de febre amarela. A entrevista com Thiago Henrique Silva foi feita por Juliana Gonçalves. Por outro lado, a experiência agroecológica da vez no programa é da Escola da Comissão Pastoral da Terra que funciona na Cidade de Goiás (GO).



Nos destaques de fatos da semana, ouvimos a opinião do dirigente nacional do MST João Paulo Rodrigues sobre o decreto de intervenção militar no Estado do Rio de Janeiro. Outra notícia em destaque são os detalhes da quarta etapa da Caravana Lula pelo Brasil, que dessa vez vai percorrer os três estados do sul do país.



Edição: Daniel Lamir