Venezuela

Povo venezuelano sai às ruas pra defender programas sociais e governo bolivariano

Nicolas Maduro participou de marcha para celebrar vitória sobre lei que pretendia privatizar projeto de moradia

São Paulo

,
“O povo está unido, tem ideia de por que sai a lutar, com uma causa para defender, nosso povo tem uma bandeira, não sai como loucos as ruas, nem com ódio, sai com amor", manifestó Maduro / ALBA TV

O presidente da Republica Bolivariana de Venezuela, Nicolás Maduro, recebeu na quarta-feira (12) ao povo venezuelano no Palácio de Miraflores, para celebrar a vitória sobre a “lei de embuste”, que procurava privatizar a "Grande Missão Moradia Venezuela" e que foi declarada inconstitucional pelo judiciário.

Desde a manhã desta quarta-feira, trabalhadores e beneficiários do programa de moradias marcharam pelo centro da capital venezuelana, Caracas, para dar apoio às políticas do governo bolivariano e respaldar a decisão judicial de declarar inconstitucional a Lei de Seção de Títulos de Propriedade a beneficiários da Grande Missão Moradia Venezuela, que pretendia implicitamente hipotecar a propriedade dos favorecidos pelo programa.

"Estamos alcançando, neste momento - com luta, a resistência do povo -, o maior nível de união que temos visto em muito anos do povo. Uunião para que tenhamos paz, parabéns”, manifestou o presidente Maduro.

O presidente também sinalou que a Assembleia Nacional [de maioria opositora] tentou impor uma lei para privatizar todos os terrenos. “Se esta lei se tivesse imposto seria quase impossível continuar construindo moradias para o povo e a classe media. Então esta decisão do Tribunal Supremo de Justiça consolida a paz social, a paz republicana. É uma decisão de equilíbrio, apegada à Constituição”.

Edição: Simone Freire.