Trote

Prefeito de São Paulo publica agenda falsa e engana comentarista da rádio Jovem Pan

Fernando Haddad disse em rede social que queria vê-lo comentar, uma vez na vida, o dia-a-dia de quem ele lambe as botas

São Paulo (SP)

,
Haddad: "Imagino que os cidadãos tenham o direito de saber quem desonra o jornalismo" / Valter Campanato/Agência Brasil

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, substituiu nesta segunda-feira (16) sua agenda pública pela de outro político, com o objetivo de acompanhar a reação do historiador Marco Antonio Villa, que diariamente critica as ações do prefeito. 

No início da tarde, Haddad publicou uma nota em sua página de Facebook revelando o embuste, e disse que a iniciativa serviu para “vê-lo comentar, uma vez na vida, o dia-a-dia de quem ele lambe as botas”.

Leia abaixo o depoimento de Haddad no Facebook.

Trote num pseudointelectual

Alguns de vocês já devem ter ouvido falar de um tal de Marco Antonio Villa, da Jovem Pan. Ultimamente, ele tem comentado minha agenda pública com o conhecimento de quem nunca administrou um boteco.

Acho graça. Mas, hoje, para que os ouvintes tenham uma pálida ideia deste embuste, resolvemos substituir, por algumas horas, a minha agenda pela de outro político, apenas para vê-lo comentar, uma vez na vida, o dia-a-dia de quem ele lambe as botas.

Peço desculpas se ofendo alguém pelo procedimento, mas sendo caluniado todos os dias por esse projeto de intelectual, imagino que os cidadãos tenham o direito de saber quem desonra o jornalismo.

Anexo o áudio dos comentários dele à “agenda” e a entrevista que dei a ele ano passado que talvez explique parte de seu desequilíbrio psicológico. E fica um recado: antes de criticar um livro recomenda-se sua leitura.

Reação

Por volta das 16h30 da segunda, Villa respondeu sobre o assunto também em sua página de Facebook:

Fernando Haddad, o stalinista, e seus policiais da verdade!

Numa ação orquestrada, digna do stalinismo, Fernando Haddad tenta desqualificar a minha opinião sobre sua péssima gestão à frente da prefeitura de São Paulo. Não vou apagar os comentários dos petralhas. É uma ação coordenada. A linguagem é a mesma. A virulência dos policiais da verdade está em cada palavra. São mais de 5 mil comentários em uma hora! Pura orquestração. Claro que os blogs sujos - da esgotosfera petista - já entraram em campo. Isto é bom para que caia a máscara do stalinista Haddad, que faz ar de bonzinho, mas é somente a outra face do projeto criminoso de poder. 

Triste é quando vejo o prefeito fake com próceres da oposição. Triste, claro, para o oposicionista, ou falso oposicionista. Resta o meu desprezo aos petralhas. Ainda bem que vencemos. Dilma, nunca mais! Lula vai para a cadeia! E em outubro Haddad terá a resposta nas urnas. 

Com os petralhas nunca podemos dar um passo atrás. Pelo contrário, sempre um passo à frente. Fora Haddad! Fora PT!