Mostra cultural

Exposição promove cultura negra em Madureira, no Rio

Evento contará com shows, debates, oficinas e mostra de artesanatos

Rio de Janeiro

,

Racismo e valorização da cultura e da identidade negra serão temas da 16ª Exposição Afro Cultural Meu Cacho & Meu Crespo, que acontecerá em Madureira, no domingo (12), às 13h. No evento, estão programadas apresentações musicais, debates, oficinas e outras atividades. Tudo de graça.

A ideia principal é expor artesanatos únicos feitos por homens e mulheres negras, chamados de “afroempreendedores”. Além disso, acontecerá uma roda de conversa com microfone aberto, para que as pessoas possam levantar discussões sobre racismo e outras questões que envolvam a cultura negra. A exposição terá ainda a participação de artistas de rap e de samba que se apresentarão com seus conjuntos musicais.

Nas oficinas, os participantes da mostra poderão aprender a fazer turbantes, tiras de pano que utilizadas na cabeça por mulheres e homens em muitos países da África. 

Será ministrada também uma oficina de maquiagem para pele negra e de penteado para cabelos crespos. E os visitantes poderão conferir no evento a diversidade gastronômica que a cultura negra pode oferecer.

Racismo

Em entrevista ao Brasil de Fato, a organizadora da exposição Barbara Lage, de 34 anos, diz que a ideia do evento surgiu após entender melhor o racismo que sofre. “A exposição nasceu desde quando passei a aceitar meu cabelo crespo e depois que perdi meu emprego por causa do meu fenótipo de negra”, diz a produtora cultural. 

A exposição acontece no Parque Madureira, na Rua Soares Caldeira, 115, atrás do Madureira Shopping. A previsão é de que o evento dure até 21h.