Republicanos

EUA: A menos de três meses de eleições, Donald Trump reformula equipe de campanha

Presidente de campanha de candidato republicano foi mencionado em contas secretas de partido pró-Rússia em Kiev

São Paulo

,
Segundo Trump, a nova equipe de campanha o ajudará a derrotar Hillary Clinton na disputa em novembro / Wikimedia Commons

A 82 dias das eleições presidenciais norte-americanas, o candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira (17) a reformulação de sua equipe de campanha.

A mudança – a segunda em menos de dois meses – atinge dois pontos-chave da campanha, segundo a emissora CNN.

Trump escolheu para o cargo de executivo-chefe da campanha Steve Bannon, presidente-executivo do site Breitbart e ex-banqueiro de investimento.

Já Kellyanne Conway, conselheira e especialista em pesquisas para a campanha de Trump, foi promovida como gerente de campanha.

À agência Associated Press, Trump qualificou Bannon e Conway como “pessoas grandiosas” que o ajudarão a derrotar a democrata Hillary Clinton na disputa em novembro.

“Conheço ambos há um longo tempo. Eles são pessoas incríveis, eles são vencedores, eles são campeões, e nós precisamos ganhar”, disse o magnata.

Paul Manafort segue como presidente e estrategista da campanha, informou Conway à CNN.

A mudança ocorre dois dias depois de Manafort ser citado em matéria do jornal norte-americanoThe New York Times sobre a Ucrânia. Segundo a publicação, investigações do país europeu indicam que o estrategista de campanha recebeu, durante seis anos, quase US$ 13 milhões procedentes de um partido pró-Rússia na Ucrânia.