Opinião

Artigo: 7 mil jovens tremem o Mineirinho

O 3° Acampamento Nacional do Levante vai acontecer de 5 a 9 de setembro em BH

Belo Horizonte

,
A construção do Acampamento começou há mais de um ano / Divulgação

O jovem sempre foi um expoente na luta popular. Nesse momento decisivo de disputa, em que o país vive um golpe, com diversos retrocessos que caem diariamente na conta dos trabalhadores brasileiros, 7 mil jovens se reúnem numa ação de retomada do país. Esses jovens fazem parte do Levante Popular da Juventude, um movimento popular que nasceu há quatro anos, está em todos estados brasileiros e atua em três frentes: camponesa, estudantil e territorial.

O 3° Acampamento Nacional do Levante vai acontecer de 5 a 9 de setembro em BH no estádio do Mineirinho. O evento marca o início de um novo ciclo de lutas, que busca a retomada de direitos e avanços em pautas para juventude. Os jovens querem mudar as condições precárias de trabalho, saúde e educação, por fim ao genocídio dos jovens da periferia e a violência contra as mulheres e a população LGBT. A juventude do Levante propõe a construção de um projeto de vida para os jovens brasileiros.

A construção do Acampamento começou há mais de um ano e revela aspectos que estão presentes na forma de agir e lutar do cotidiano dos militantes, mostrando que a política também deve ser construída pela juventude. Na disputa pelos nossos direitos todas as formas de luta são válidas, por isso, arte e cultura também compõe os métodos de luta do Levante e vão permear o encontro.

O acampamento é construído de forma autônoma e conta com apoio e parceria de artistas e personalidades políticas para construir sua programação que contará com shows, oficinas e rodas de debate. Parte da despesa será viabilizada através de uma campanha de financiamento coletivo. Para contribuir acesse www.catarse.me/3acampadolevante e veja as possibilidades de recompensa.

*Amélia Gomes é jornalista e militante do Levante Popular da Juventude.