Lava Jato

Eduardo Cunha é preso em Brasília

Peemedebista perdeu foro privilegiado em setembro

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

O deputado Eduardo Cunha (PMDF-RJ) / Antonio Cruz/ Agência Brasil

O deputado federal cassado e ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi preso na tarde desta quarta-feira (19) em Brasília (DF). O pedido de prisão preventiva foi feito pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato. O mandado foi cumprido pelo Polícia Federal (PF) por volta das 13h15.

Cunha perdeu o foro privilegiado, ou seja, o direito de ser julgado no Supremo Tribunal Federal (STF), em setembro, após ser cassado pelo plenário da Câmara. 

O peemedebista é réu sob acusação de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas e está sendo encaminhado à PF de Curitiba (PR). A sua casa no Rio de Janeiro (RJ), na Barra da Tijuca, também foi alvo de operação de busca e apreensão.

Moro recebeu a ação contra o ex-deputado na semana passada, no dia 13 de outubro.

Confira a versão em áudio da nota (para baixar o arquivo, clique na seta à esquerda do botão compartilhar):

 

Edição: Simone Freire