Alimento é Saúde

Produtos detox prometem "limpar" o organismo, mas podem conter propaganda enganosa

Somente em 2015, a Anvisa já proibiu publicidade de 21 itens

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

Alguns potes com 180 comprimidos "detox" podem chegar a custar quase R$ 400 / Susan Buck/Public Domain Pictures

Nos últimos anos surgiram no mercado chás, farinhas, cápsulas de vitaminas, sucos e pós para o preparo de bebidas, que prometem eliminar toxinas e limpar o organismo. São os chamados produtos detox. Alguns destes produtos já existiam, e agora estão sendo vendidos sob este rótulo.

Detox vem da palavra desintoxicação em inglês. Desintoxicação é um termo médico que começou a ser utilizado com fins publicitários. Ela é utilizada em medicina em tratamentos para níveis intensos de drogas, álcool ou venenos, como metais pesados, quando há ameaças graves à saúde.

Confira o programa Alimento é Saúde, da Radioagência Brasil de Fato (para baixar o arquivo, clique na seta à esquerda do botão compartilhar):

Mas não há evidência de que os produtos detox que estão sendo vendidos em lojas e através da internet tenham os efeitos prometidos. É possível que os efeitos sejam inclusive nulos. E, o que é ainda pior, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), alguns destes produtos “podem inclusive conter substâncias não permitidas, que podem não ser seguras para o consumo humano”.

Em 2015, a Anvisa analisou vários destes produtos registrados como alimentos e encontrou diversas irregularidades. Dentre elas, “indicações para ajudar no fortalecimento muscular e no firmamento da pele, ação diurética, termogênica, estimulante, antigordura, de saciedade e estética”.

O Regulamento Técnico sobre Rotulagem de Alimentos Embalados estabelece que não deve constar nos rótulos a indicação de que o alimento possui propriedades medicinais ou terapêuticas. Essas restrições valem também para os textos e matérias de propaganda de alimentos em qualquer veículo utilizado para sua divulgação.

Por causa das irregularidades, a agência suspendeu a publicidade de 21 produtos.

A recomendação do Ministério da Saúde em caso de procurar fazer dieta é consultar um nutricionista.

—-

Alimento é Saúde é uma produção da Radioagência Brasil de Fato e Saúde Popular

Locução: Mauro Ramos e Juliana Gonçalves

Produção: Mauro Ramos

Sonoplastia: Jorge Mayer