Nossos Direitos

Você sabe como identificar e denunciar um caso de assédio moral no trabalho?

A Radioagência Brasil de Fato entrevistou um advogado trabalhista, que responde esta questão na coluna Nossos Direitos

São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

Na prática, ele ocorre quando alguém submete outra pessoa a situações vergonhosas ou humilhantes. / Reprodução

Você sabe como identificar e denunciar um caso de assédio moral no trabalho? A Radioagência Brasil de Fato foi atrás dessa resposta junto ao advogado trabalhista Danilo Uler. Ele explica que o assédio moral é toda conduta abusiva que, por meio de palavras, gestos, escritos e atitudes, ofendem a dignidade, a integridade psíquica ou moral de alguém. Na prática, ele ocorre quando alguém submete outra pessoa a situações vergonhosas ou humilhantes.

O assédio moral pode ocorrer em diversas situações, mas é no ambiente de trabalho que ele é mais comum. Por exemplo, quem nunca foi chamado de “incompetente” ou alvo de piadinhas?

Confira o programa Nossos Direitos, da Radioagência Brasil de Fato (para baixar o arquivo, clique na seta à esquerda do botão compartilhar):

Dessa forma, no trabalho, o assédio moral pode ser praticado pelo empregador ou supervisor, ou mesmo por um colega. E ainda ocorrem de diversas formas.

Uma delas é o assédio sexual, com insinuações, assobios e um suposto “elogio” desrespeitoso. Também pode acontecer através da calúnia e difamação, como com informações mentirosas ou acusações de furtos. A exigência excessiva ou deixar sem funções no trabalho também podem configurar como assedio moral. Assim como pressões para forçar a demissão, perseguições políticas ou situações preconceituosas.

E o que fazer quando isso ocorre? O advogado Danilo Uler indica que o trabalhador deve se precaver, juntando provas como ordens escritas, emails e principalmente testemunhas. Além de procurar o sindicato da sua categoria ou um advogado de confiança.

Nossos Direitos

Locução: José Bruno Lima

Produção: Vivian Fernandes

Sonoplastia: Jorge Mayer