MST

PT-SP: NOTA EM SOLIDARIEDADE AO MST

Emidio de Souza divulgou nota em nome da direção do partido

São Paulo (SP)

,
Brasil de Fato / Brasil de Fato

É com muita estranheza que outra atrocidade contra o campo progressista é cometida.



Uma entidade da grandeza do MST ser acometida por uma ação policial grotesca e ilegal evidencia que vivemos num Estado de exceção.



Sempre tendo se posicionado contra qualquer tentativa de criminalização dos movimentos sociais, o PT-SP apoia as lutas populares e confia na militância do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra.



Repudiamos os absurdos cometidos pelas policias que invadiram a Escola Nacional Florestan Fernandes e exigimos que o governador Geraldo Alckmin imediatamente dê explicações sobre essa truculência.



Assim como todos os bravos militantes que lutam pelo direito à terra, a população paulista que prima pelos direitos humanos não aceitará este tipo de atentado e cobra esclarecimentos.



Por isso, nos fazemos solidários aos companheiros sem terra e exigimos que os movimentos sociais sejam respeitados. Esperamos também que todas as autoridades competentes prestem esclarecimentos.



Emidio de Souza - Presidente Estadual do PT-SP