Curitiba

Vila Nossa Senhora da Luz completa 50 anos

Primeiro conjunto habitacional do Paraná ainda tem problemas de estrutura

Curitiba (PR)

,
Atrás da escola Albert Schweitzer, um centro cultural está em ruínas, bem como a quadra de basquete da escola há mais de dez anos sem uso, atual depósito de lixo, que incomoda os moradores / Pedro Carrano

Na recordação da funcionária pública aposentada Nair Nascimento, 79, as famílias se mudaram para a vila Nossa Senhora da Luz dos Pinhais para fugir do aluguel e trabalhar nas fábricas da região.

Na vila, ela trabalhou na escola Monteiro Lobato. “Fui das primeiras a trabalhar aqui, e [os equipamentos públicos] foram melhorando um pouco”, conta.

No dia 13 de novembro de 1966 era inaugurado o primeiro conjunto habitacional do Paraná. Criado pela Companhia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab), o propósito divulgado era suprir o déficit habitacional que se iniciava em Curitiba. De início, recebeu 2,1 mil casas.

50 anos depois

Hoje a vila dispõe de um Centro de Referência de Assistência Social (Cras), um terminal de ônibus, três escolas municipais, e iluminação pública, incluindo doze praças. Porém, atrás da escola Albert Schweitzer, um centro cultural está em ruínas, bem como a quadra de basquete da escola há mais de dez anos sem uso, atual depósito de lixo, que incomoda os moradores.

Para a reportagem, a Prefeitura justifica apenas em relação ao centro cultural, cuja obra foi abandonada pela construtora. A previsão é de que até novembro as alterações sejam feitas e a obra reprogramada pela Caixa, com nova licitação e um custo a mais.