Gênero

Fatos curiosos da história | A mulher que permitiu que a humanidade chegasse à Lua

O trabalho de Margaret Hamilton foi fundamental no pouso em solo lunar da primeira nave tripulada

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

Margaret Hamilton junto ao código que escreveu com sua equipe para Apollo 11 / MIT Museum

A missão Apollo 11 da NASA estava prestes a aterrizar na lua no dia 20 de julho de 1969, quando uma mensagem alertou que algumas partes da memória do computador da nave estavam ficando sobrecarregadas.

Ela poderia ter sido abortada se não fosse pelo código do computador de bordo desenvolvido pela jovem Margaret Hamilton. As páginas do código que ela e sua equipe escreveram eram tantas, que empilhadas ficavam da mesma altura de Margaret.

Confira o programa Fatos curiosos da História, da Radioagência Brasil de Fato (para baixar o arquivo, clique na seta à esquerda do botão compartilhar):

Margaret estudou matemática. Segundo ela, na época não existiam cursos como os de ciências da computação e de engenharia de software, e ela aprendeu a programar na prática. Tanto é que ela cunhou o termo “engenharia de software”, já que na época predominava o interesse por hardware.

Durante os fins de semanas e as noites, Margaret levava sua filha Lauren, de 4 anos, para o laboratório, enquanto criava as rotinas que seriam adicionadas ao módulo de comando do computador que seria operado pela missão Apollo. Ela foi, inclusive, criticada por conciliar as duas atividades desta forma.

Um dia, Lauren estava brincando com o simulador da nave, quando apareceu uma mensagem de erro na tela. Ela tinha lançado um programa chamado P01. A partir disso, Margaret quis agregar um código para prevenir esse erro.

Mas a ideia foi recusada pela NASA, que afirmou que os astronautas não cometeriam esse erro, porque “estavam treinados para serem perfeitos”. Ela decidiu foi criar uma nota no programa, disponível para os engenheiros e astronautas da NASA.

Disseram a ela que esse erro nunca poderia acontecer. Mas aconteceu.

Na expedição da Apollo 8, no fim de 1968, o astronauta Jim Lovell, sem perceber, acionou o P01 durante o voo. O computador da Apollo perdeu dados e não era capaz de trazer os astronautas de volta à Terra.

Depois de nove horas de trabalho, foram enviados novos dados de navegação, e graças a Margaret, os astronautas voltaram a casa.

Após o projeto Apollo, Margaret fundou várias companhias de software e ganhou vários reconhecimentos ao longo de sua vida, sendo o último deles a Medalha Presidencial da Liberdade, o prêmio mais importante para civis dos Estados Unidos.

Fatos Curiosos da História

Locução: Nadine Nascimento e Simone Freire

Produção: Mauro Ramos

Sonosplatia: Jorge Mayer