Trabalho

Levantamento mostra queda na contratação de imigrantes e refugiados em SP

A Missão Paz atribui a queda nas contratações à crise econômica, e diz que muitos estão optando por deixar o país

Radioagência Nacional | São Paulo (SP),

Ouça a matéria:

Em 2016, foram empregadas, por intermédio da missão, que aproxima as empresas dos imigrantes e refugiados, 371 pessoas / Acnur/Brasil

Os imigrantes e refugiados estão tendo mais dificuldades para encontrar emprego na cidade de São Paulo. Levantamento da Missão Paz, organização da Igreja Católica que atende essa população, na região central da cidade, mostra que caiu a contratação de estrangeiros.

Em 2016, foram empregadas, por intermédio da missão, que aproxima as empresas dos imigrantes e refugiados, 371 pessoas, o que representa 21,70% dos 1,7 mil que participaram das palestras interculturais oferecidas pela entidade. A participação nas conferências é o primeiro passo de inclusão nas ações oferecidas pela organização. O número é inferior aos 1.473 empregados em 2015, que representam 56,6% dos 2,6 mil que assistiram às palestras.

A Missão Paz atribui a queda nas contratações à crise econômica. E diz que muitos estrangeiros estão optando por deixar o Brasil em busca de oportunidades em outros lugares. Entre os destinos escolhidos, estão o Chile e os Estados Unidos.

Apesar dessa redução, a Missão Paz acredita que, nos próximos meses, a situação dos imigrantes e refugiados que procuram emprego na capital paulista pode melhorar. Em janeiro, 31 estrangeiros atendidos pela missão conseguiram emprego.

Edição: Radioagência Nacional