Troca-troca

Temer nomeia Aloysio Nunes (PSDB-SP) para assumir Ministério das Relações Exteriores

Líder do governo no Senado substituirá José Serra, do mesmo partido, na pasta

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

Temer e o senador Aloysio Nunes se encontraram na tarde de hoje, no Palácio do Planalto, para fecharem os últimos detalhes da indicação / Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente não eleito, Michel Temer, nomeou o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) para assumir o ministério das Relações Exteriores.

Nunes, que é líder do governo no Senado desde maio de 2016 (logo após o afastamento da presidenta Dilma Rousseff), substituirá o senador tucano José Serra, que se afastou do Itamaraty há uma semana, após alegar problemas de saúde.

O anúncio foi feito nesta tarde pelo porta-voz da Presidência, Alexandre Parola. Segundo ele, o parlamentar é um homem público com "larga experiência política" no Executivo e no Legislativo e possui uma "longa trajetória" em defesa das causas da diplomacia brasileira e da agenda internacional do Brasil.

Temer e o senador se encontraram no início da tarde desta quinta (2), no Palácio do Planalto, para fecharem os últimos detalhes da indicação.

Histórico

Aloysio, que está no PSDB desde 1998, foi secretário-geral da Presidência e ministro da Justiça durante o governo Fernando Henrique Cardoso.

Em 2010, foi eleito para o Senado por São Paulo com cerca de 10,5 milhões de votos. Quatro anos depois, foi candidato a vice-presidente na chapa de Aécio Neves, derrotado pela chapa Dilma-Temer.

Relações com os EUA

Em 13 de maio do ano passado, um dia após a votação do impeachment na Câmara dos Deputados, Aloysio foi para Washington e encontrou com políticos do alto escalão do governo dos EUA. O jornalista estadunidense Glenn Greenwald, do The Intercept Brasil, disse em entrevista ao Brasil de Fato que ele estava indo dar informações aos políticos e construir a narrativa de que não havia ocorrido um golpe no Brasil.

"Claro que, quando um líder da oposição se encontra com membros do governo em Washington, nesse momento tão importante e sensível, levanta suspeita sobre o papel dos EUA nesse processo", comentou.

Lava Jato

No ano passado, o nome de Aloysio foi citado na delação do empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia. Ele também foi incluído em um inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF), em fevereiro do ano passado, pelo ministro Celso de Mello, por supostos crimes eleitorais. 

Edição: Juliana Gonçalves