São Paulo

MST promove feira com produtos da reforma agrária em SP; Confira a programação

Venda de produtos, shows e debates marcam a programação do evento, que ocorre em São Paulo nesta semana

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

Feiras da Reforma Agrária já aconteceram em outros locais do país, como no Rio de Janeiro / Reprodução/MST

Nesta semana, São Paulo (SP) recebe uma das principais expressões culturais camponesas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST): os alimentos da reforma agrária. O movimento organiza a segunda edição da Feira Nacional da Reforma Agrária, que possibilita o encontro entre agricultores e consumidores na cidade mais populosa do país. O evento começa nesta quinta-feira (4) e vai até domingo (7), no Parque da Água Branca, zona oeste da capital paulista.

Feirantes de todos os estados onde o movimento atua, de norte a sul do país, participam das atividades. De acordo com o MST, 250 toneladas de produtos produzidos nos assentamentos serão comercializados ao longo dos quatro dias.

Esta é a segunda edição da feira, que ocorre em um parque aberto no centro de São Paulo. Em 2015, o MST levou à capital paulista reuniu mais de 800 agricultores de todo país. Mais de 180 mil pessoas passaram pelo evento naquele ano.

Diálogo

Para o MST, a feira não se restringe à comercialização e à divulgação da produção de alimentos. De acordo João Paulo Rodrigues, da coordenação nacional do movimento, o evento propõe o debate sobre a alimentação saudável, a produção dos alimentos orgânicos e o modelo agrícola, além de estimular a luta contra os agrotóxicos. "Ou seja, mostrar porque somos contra o agronegócio e queremos uma reforma agrária popular", pontuou.

Milton Farnazieri, coordenador do setor de produção do MST, afirma que a feira pretende resgatar e mostrar a vida dentro de um assentamento. "Vamos buscar mostrar para a sociedade a importância de produzirmos produtos sem uso de agrotóxicos e de trabalharmos na lógica da produção agroecológica", disse Farnazieri.

Atrações culturais

Além de produtos agroecológicos e saudáveis, a Feira da Reforma Agrária promove mostras culturais, debates, apresentação de artistas e uma feira literária com a participação de diversas editoras, como a Livraria Expressão Popular.

No sábado (6), por exemplo, o seminário “Alimentação Saudável – um direito de todos e todas” recebe o ex-presidente do Uruguai José Pepe Mujica e o coordenador do MST, João Pedro Stedile.

Já no espaço Culinária da Terra, dedicado à gastronomia regional, os visitantes poderão experimentar pratos de diversos estados brasileiros, mostrando a diversidade do Brasil em seus sabores. “Apresentaremos o alimento como arte”, define Rodrigues.

Música

Entre as apresentações musicais, o evento também terá shows de diversos músicos e cancioneiros populares, além de artistas brasileiros renomados como Chico César, o rapper Emicida e a vencedora do Grammy Latino Tulipa Ruiz.

Para a cantora, o evento será a oportunidade de estabelecer um diálogo direto entre agricultores e consumidores dos grandes centros urbanos. Ela afirma que hoje a alimentação saudável é também um posicionamento político.

"Eu não quero mais ser enganada pela indústria, nem consumir veneno, eu quero entender de onde vem meu alimento. E como consumidora e cidadã, eu tenho o direito de optar por uma alimentação que não agrida nem meu organismo e nem a terra de onde ele veio", disse Ruiz.

Para o cantor carioca Tico Santa Cruz, vocalista da banda Detonautas Roque Clube e que também se apresenta no evento, a organização da feira contribui para que a população passe a enxergar a importância da atuação do MST na luta pela reforma agrária, contra o agronegócio e contra o uso de agrotóxicos.

"É preciso entender melhor o que é o MST para as pessoas poderem ter uma empatia pela causa e que possa se engajar também nessa luta pela reforma agrária", afirmou Cruz.

Confira a programação:

Dia 04 de maio - quinta

8h - 19h

Feira de Produtos e Culinária da Terra 

Espaço Literário 

Campanha Contra os Agrotóxicos

Café do Armazém do Campo

Exposição e troca de mudas e sementes 

15h - 15:40h

Slam da Guilhermina (Poesia e RAP). Local: Palco Culinária da Terra

15h as 16h

Cia Canina de Teatro de Rua e Sem Dono

Peça O vendedor de verdades

16h as 16:40 

Arnaldo Freitas (Viola instrumental).

Local: Palco Culinária da Terra

16h30

Comitê de Solidariedade a Cuba

Local: Palco Culinária da Terra

17h as 17:40 

Sapiranga (MPB)

Local: Palco Culinária da Terra

18h as 18:40 

Cacique e Pajé (Moda de Viola)

Local: Palco Culinária da Terra

Dia 05 de maio - SEXTA

8h - 19h

Feira de Produtos 

Culinária da Terra

Espaço Literário

Campanha Contra os Agrotóxicos

Café do Armazém do Campo

Exposição e troca de mudas e sementes 

9h30 as 11h30 

Seminário Agrotóxicos e Transgênicos: impactos sobre o alimentação, saúde e meio Ambiente

Local: Auditório Instituto da Pesca

Debatedores: 

- Ada Cristina Pontes Auiar – ABRASCO

-Fernanda Nogueira - Instituto Nacional do Câncer - INCA

-Leonardo Melgarejo – ABA e Campanha Permanente contra os Agrotóxicos e pela Vida

10h as 10:40 

Vicente Reinaldo e José Milson

(Repente) 

Palco: Culinária da Terra

11h as 11:40 

Favoritos da Catira Folguedo Paulista

Palco: Culinária da Terra

12h as 12:40 

MauM Movimento Autêntica Música (MPB)

Palco: Culinária da Terra

12h

Brava Companhia 

Peça Show do Pimpão

13h as 13:40 

Rubens Brito e Osni Ribeiro (Viola)

Palco: Culinária da Terra

14h as 14:40 

Veneno H2 (RAP)

Palco: Culinária da Terra

14h as 17h

Seminário: Agroecologia e Reforma Agraria: práticas de resistência do MST

Local: auditório do Instituto da Pesca

Debatedores: 

- Luiz Zarref – MST

-João Dagoberto dos Santos (ESALQ)

- Experiências do MST

14h as 17h

Seminário: Políticas Públicas de Comercialização para o Campo: Balanços e Perspectivas

Local: auditório Paulinho Nogueira

Debatedores:

MST, CONAB, MDS, ITESP, FNDE, COOPERAR, DAE/prefeitura de SP, Frente Parlamentar pela Reforma Agrária

15h as 15:40 

Trio Tamoyo

(Viola Etnomúsica)

Palco: Culinária da Terra

15h as 16h

Trupe Lona Preta

Peça O concerto da Lona Preta

16h às 17:20 

Tico Santa Cruz 

Local: Palco da Arena

18h – 19:30 

Emicida

Local: Palco da Arena

Dia 06 de maio - SÁBADO

8h - 19h

Feira de Produtos e 

Culinária da Terra

Espaço Literário

Campanha Contra os Agrotóxicos

Café do Armazém do Campo

09h30 as 10h - Palco da Arena

Pereira da Viola 

10h as 12:00 – Palco da Arena

Conferência:Alimentação Saudável um Direito de Todos e Todas

Pepe Mujica, João Pedro Stedile, Bela Gil,

Letícia Sabatellal, Alexandre Padilha – Ex – Ministro da Saúde

12h as 12:40 

Samba do Surdo Manco 

Roda de Samba

Palco: Culinária da Terra

13h às 13h40 

Kátya Teixeira

Viola e Coco

Palco: Culinária da Terra

14h as 14:40 

Crônica Mendes (RAP)

Palco: Culinária da Terra

14h as 15h30

Lançamento da Plataforma #ChegaDeAgrotóxicos

Debate com a participação das entidades que constróem a plataforma #ChegaDeAgrotóxicos

Local: Auditório do Instituto da Pesca

15h as 15:40 

Encontros e Cantorias convida Arnaldo do Acordeon 

(Forró)

Palco: Culinária da Terra

15h as 16h

Batucada Unidos da Madrugada

Local: Cortejo pelo Parque

16h as 17:30

Tulipa Ruiz

Local: Palco Arena

18h as 19h30 

Targino Gondim

Local: Palco Arena



Dia 07 de maio - DOMINGO

8h - 19h 

Feira de Produtos e 

Culinária da Terra

Espaço Literário

Campanha Contra os Agrotóxicos

Café do Armazém do Campo

Espaço Literário

9h as 11:30 

Experiencias de SAFs e 

Reforma Agraria Popular

Debatedores: 

Fernando Silveira Franco/ UFSCAR

Experiencias do MST. Com presença de Ana Primavesi.

10h as 11:00 

Cris Barulhins e os Parangolés

(Infantil)

Palco: Culinária da Terra

10h30 as 12h

Seminário O Aumento da Miséria no Brasil

Expositores:

Ariovaldo Umbelino (USP) 

Delwek (MST)

Local: Auditório do Instituto de pesca

11h – 12h

Congada e Moçambique de Guaratinguetá

Palco: Culinária da Terra

11h 

Grupo Nzinga de Capoeira Angola

12h as 12:40 

Bat Macumba Samba Reggae 

Palco: Culinária da Terra

12h

Batucada Popular Carlos Marighella do

Levante Popular da Juventude

13h as 13:40 

Perifatividade

poesia e RAP

Palco: Culinária da Terra

14h as 14:40 

Cururu do Médio Tietê (Viola)

Palco: Culinária da Terra

14h

Cia Nóis na Mala

Peça Uma Jornada de João e Maria

15h as 15:40 

Ricardo Vignini Trio (Violeiros Rockeiros)

Palco: Culinária da Terra

15h:40 as 17h 

Liniker e os Caramelows

15h as 16h

Trupe Olho da Rua

Peça Blitz O império que nunca dorme

17h30 as 19h 

Chico César

Local: Palco da Arena

Acesse: http://www.mst.org.br/II-feira-nacional-da-reforma-agraria

Edição: Vivian Fernandes