TEATRO POPULAR

Teatro do Saara apresenta peças a R$ 3 no horário do almoço, no Rio de Janeiro

Na programação estão cinco peças inéditas e inspiradas nas histórias do Saara e da região central da cidade

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)

,
A peça "Sequestro no Trem Fantasma” é uma das que está em cartaz de segunda a sexta-feira, no Teatro do Saara / Divulgação

Desde março, o Saara ganhou um teatro com uma proposta diferente de programação. Para receber trabalhadores, que passam pela região no horário do almoço, o Teatro do Saara apresenta peças de até 25 minutos de duração, de segunda a sexta-feira, com sessões às 12h30, 13h30 e 14h30. Os ingressos custam apenas R$ 3 e podem ser comprados na hora.

Na programação estão cinco peças, que se revezam nas três sessões diárias. São elas: “O Mascate da Rua da Alfândega”, “Crime na Uruguaiana”, “O homem que via os mortos”, “Sequestro no Trem Fantasma” e “Dr. Frederico, o hipnótico”. Todas inéditas e inspiradas nas histórias do Saara e da região central da cidade.

“Recebemos trabalhadores do comércio, pessoal dos escritórios, estudantes, um público bem variado, que é a cara do Saara. Estamos super felizes que a proposta de ‘teatro a varejo’ está dando certo”, afirma o diretor Fernando Maatz, idealizador do projeto.

A partir desta sexta (12), duas novas peças estreiam a programação de final de semana. Todas as sextas, às 18h30, a peça “Puck modo on” estará em cartaz no esquema pague o quanto puder. Já aos sábados, às 11h, é a vez do espetáculo “Redondilhas”, para crianças, com ingressos a R$ 20 inteira e R$ 10 meia.

O Teatro do Saara funciona em um sobrado antigo no Largo de São Francisco de Paula, número 19, e tem capacidade para 45 pessoas por apresentação. O projeto tem patrocínio da Prefeitura do Rio para quatro meses de programação, que vai até 23 de junho. Mas a ideia dos organizadores é conseguir patrocínio para transformar o espaço em um centro cultural popular e permanente do Saara.

 

Serviço:

Teatro do Saara



Largo de São Francisco de Paula, nº 19, Baixo Saara, Rio de Janeiro.

Segunda a sexta-feira, com sessões às 12h30, 13h30 e 14h30

Sextas, às 18h30 - Peça Puck modo on

Sábado, às 11h - Peça Redondilhas - Teatro do Saarinha

Edição: Vivian Virissimo