Rádio

Confira a íntegra dos programas Brasil de Fato de SP, Pernambuco e Minas Gerais

Edições radiofônicas vão ao ar todo sábado e domingo

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,
Ouça e baixe os programas gratuitamente / Brasil de Fato

A proposta da Frente Brasil Popular para uma política de drogas, o encanto das fogueiras e as cores nas ruas na festa de São João e a situação dos ambulantes em Belo Horizonte, foram os destaques dos programas de rádio Brasil de Fato São Paulo, Pernambuco e Minas Gerais neste sábado (24).

No programa de São Paulo, além do Plano Popular de Emergência, documento que traz dez itens com propostas para a crise que o país enfrenta, os ouvintes confeririam a reportagem com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a volta da pobreza no Brasil e o golpe que derrubou a presidenta Dilma Rousseff. 

Na capital paulista, é possível acompanhar o programa pela Rádio 9 de Julho AM 1600, às 12h20, com reprise aos domingos às 6h20. 

Já em Pernambuco, onde o programa é veiculado pela Rádio Clube AM 720, também aos sábados às 7h, com reprise aos domingos no mesmo horário, outro destaque foi a entrevista com João Pedro Stedile, dirigente nacional do MST, sobre o aumento da ocorrência de conflitos agrários no país. 

A edição pernambucana também trouxe a coluna "Cultura em Foco", com atenções voltadas ao Mestre Zé Negão, artista musical que preserva e difunde o "coco senzala" há quatro décadas. 

Os ouvintes da Rádio Autêntica 106,7 FM, em Belo Horizonte, que acompanham o Program Brasil de Fato a partir das 11h de sábado, com reprise no domingo às 7h, puderam conferir a reforma administrativa proposta por Alexandre Kalil. Parlamentares de Belo Horizonte avaliam que o projeto incorpora avanços, mas centraliza poder no Executivo. 

Outro destaque foi o adiamento por tempo indeterminado do julgamento de Aécio Neves no Supremo Tribunal Federal. A decisão foi tomada após pedido da defesa de Aécio, que também  pede que ele possa retomar as atividades de senador.

São Paulo

Pernambuco

Minas Gerais

Edição: José Eduardo Bernardes