SAÚDE

ONG faz testes rápidos para detectar HIV nas ruas do centro do Rio de Janeiro

Exame é gratuito e feito a partir de simples coleta de fluído oral das gengivas e mucosa da bochecha

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)

,
Neste ano, uma média de 100 pessoas estão sendo atendidas por mês, desse total, cinco são identificadas como portadoras do vírus / Divulgação

Quem anda pelo centro do Rio de Janeiro, pode ver uma tenda azul em diferentes ruas da região. Debaixo delas, a equipe da ONG Grupo Pela Vidda realiza testes rápidos e gratuitos para detectar o vírus HIV a partir de simples coleta de fluído oral das gengivas e mucosa da bochecha. Segundo estimativas da ONG, no ano passado, mais de 2,5 mil testes foram realizados. Neste ano, uma média de 100 pessoas estão sendo atendidas por mês, desse total, cinco são identificadas como portadoras do vírus.

A iniciativa faz parte da política Testar e Tratar do Ministério da Saúde. Desde 2013, o ministério seleciona ONGs para realizar o teste em várias cidades do Brasil. O exame não depende de laboratório e o resultado pode ser revelado em até 40 minutos. Ele identifica anticorpos produzidos por pessoas que foram infectadas há mais de 30 dias pelo HIV.

“A maioria das pessoas identificadas no nosso teste são jovens, que carregam o vírus sem saber e acabam transmitindo para outras pessoas. Por isso é muito importante fazer o teste”, explica René Júnior, da ONG Pela Vidda.

Além dos exames, a ONG também trabalha com palestras sobre prevenção, atendimento jurídico e aconselhamento psicológico para os portadores. “Já foram desenvolvidos remédios que permitem que o portador do HIV tenha uma qualidade de vida melhor e dificilmente transmita o vírus. Já acabou aquela história do portador do HIV estar condenado à morte”, complementa.

Os testes acontecem até dezembro nas ruas do centro do Rio. A agenda completa pode ser acessada no site. Para os portadores do HIV que quiserem entrar em contato com a Pela Vidda, a ONG fica na avenida Rio Branco, 135, 7º andar, no centro.

Edição: Vivian Virissimo