Venezuela

EUA estão avaliando condições para tirar Maduro do poder, diz secretário de Estado

Esta é “a mais descarada das ameaças dos EUA contra a Venezuela desde 1902”, diz chanceler venezuelano, Samuel Moncada

Brasil de Fato | Caracas (Venezuela)

,
Tillerson era chefe da Petroleira Norte-Americana Exxon Mobil Corporation / Reprodução/ Twitter

"Estamos a avaliar todas as opções de políticas públicas, seja para  fazer o que podemos para criar condições que levem [o presidente da Venezuela, Nicolás] Maduro a concluir que não tem futuro e queira sair de vontade própria, seja fazer o governo voltar à sua Constituição", afirmou o  secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, durante uma entrevista coletiva de imprensa nesta quinta-feira (02).



O chanceler da Venezuela, Samuel Moncada, repercutiu, em seu Twitter, o comentário de Tillerson. Ele diz que o secretário de Estado“trabalha para derrubar o presidente venezuelano, Nicolás Maduro": "CIA contra Venezuela: Secretário Tillerson impunimente trabalha para derrubar o presidente Maduro. Coalizão do mau arremete contra a democracia”, disse.

O diplomata venezuelano classificou esta como “a mais descarada das ameaças dos EUA contra a Venezuela desde 1902”, chamando de “loucura do império”.

Moncada lembra também que Tillerson era chefe da Petroleira Norte-Americana Exxon Mobil Corporation e que “agora usa o império para assaltar o petróleo do povo”, sentenciou.

Edição: Vanessa Martina Silva