Estímulo

Projeto em MG incentiva mulheres negras a escreverem

Preta Poeta foi criado por jovens da UFMG e realiza minicursos de literatura

Brasil de Fato | Belo Horizonte (MG)

,
Resultado do aprendizado poderá ser visto em zine e sarau / Reprodução

Na quarta-feira (23), vai rolar o primeiro encontro do Preta Poeta, projeto criado por mulheres negras da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O evento acontece na arena da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (Fafich).

A ideia consiste em incentivar que as mulheres negras, muitas vezes silenciadas pelo machismo e racismo da sociedade, se sintam confiantes para escrever, além de encorajar aquelas que já escrevem a divulgarem seus trabalhos.

Para isso, será realizado um minicurso que, além do dia 23, acontece em mais outras seis datas. As reuniões também resgatam e difundem a literatura criada por autoras de hoje e do passado.

O resultado do aprendizado poderá ser conferido em um zine e um sarau, que serão produzidos no mês de novembro. Para saber mais e se inscrever, acesse: www.facebook.com/pretapoeta. 

 

Edição: Joana Tavares