Travessia

“Já nasci dentro do Rio", diz barqueiro que levou Lula no São Francisco

Gisilmo Menezes se diz preocupado com a atual situação do Rio, que a cada ano vê seu leito diminuir

Brasil de Fato * | Penedo (AL)

,
Gisilmo não se afastou do leme em nenhum momento durante a travessia entre Neópolis (SE) e Penedo (AL). / Julia Dolce

“Já nasci dentro do Rio. Desde que minha memória alcança, eu já lidava com barcos. Aprendi com meu pai, que aprendeu com meu avô”. Dessa forma que Gisilmo Menezes, 39, vê sua relação com o Rio São Francisco. Morador da cidade de Nossa Senhora de Lourdes, em Sergipe, Gisilmo é barqueiro e capitão do barco “Maravilhosa”, responsável por fazer a travessia do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entre as cidades de Neópolis (SE) a histórica cidade de Penedo (AL), no final da tarde desta terça-feira (22).

Casado com Cátia dos Santos e pai de Warley, 17, e Lidrele, 14, Gisilmo não se afastou do leme em nenhum momento durante a travessia. O barqueiro conta que a oportunidade de navegar ao lado de Lula foi uma das maiores emoções da sua vida, que viu sua realidade mudar nas últimas décadas. “Trabalho com turismo, e como a vida das pessoas mudou, elas conseguiram guardar um dinheiro para viajar”.

Porém, Gisilmo relata a dificuldade de navegar nesse trecho do São Francisco ano após ano. “Só consegue conduzir barco aqui quem já conhece. Faz 10 anos que não tem cheia no São Francisco. O trajeto fica com muitos bancos de areia. Hoje não conseguimos navegar da Foz do Rio São Francisco até Piranhas, não é mais navegável”, conta com tristeza.

Há anos o Rio passa por um sério problema de assoreamento, em decorrência do desmatamento nas margens do São Francisco. “Mais gente precisa cuidar do Rio além de quem tira o sustenta dele. Nós, barqueiros, os pescadores e as comunidades ribeirinhas, o que fazemos não está sendo suficiente. É preciso um projeto de revitalização e é preciso chuva na cabeceira do rio. Meu maior sonho é ver esse Rio voltar ao que era antes”.

Nesta quarta-feira a Caravana Lula pelo Brasil segue para Arapicaraca (AL), onde o ex-presidente receberá mais um título de Doutor de Honoris Causa, dessa vez concedido pela Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL). De lá, Lula segue para Maceió (AL), para realizar um ato em Maceió.

*A cobertura da caravana "Lula pelo Brasil" é realizada por meio da parceria entre Brasil de Fato, Mídia Ninja e Jornalistas Livres.

Edição: Luiz Felipe Albuquerque