Manifestação

Grito dos Excluídos: Confira agenda de mobilizações neste 7 de setembro

"Por Direito e Democracia, a Luta é Todo Dia": protesto mobiliza cidades do Brasil no simbólico dia da Independência

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

Registro de mobilização do ano passado, na Praça da Sé, em São Paulo / Rovena Rosa/Agência Brasil

O dia da Independência do Brasil, 7 de setembro (quinta-feira), é a data escolhida para a realização da manifestação popular "Grito dos Excluídos", que terá atividades em diversas localidades do Brasil.

Cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Fortaleza terão atividades organizadas por igrejas, sindicatos e movimentos populares contra os retrocessos e abusos do Estado.

Há mais de dez anos organizando o Grito do Excluídos em São Paulo, a CMP, Central dos Movimentos Populares, espera reunir cerca de 10 mil pessoas na Avenida Paulista, em São Paulo. O coordenador geral da organização, Raimundo Bonfim, fala sobre expectativa do ato:

"Agora dia 7, a periferia, o povo mais pobre vai levar as panelas para as ruas e demonstrar que agora, de fato, as panelas estão vazias com desemprego, miséria, com fome, com cortes", diz.

O Grito dos Excluídos traz em sua concepção a denúncia da estrutura opressiva e excludente da sociedade e do sistema neoliberal, fatores que, de acordo com a definição do ato, negam a vida e impede de sonhar.

A mobilização foi idealizada em 1994 e teve sua primeira edição em 1995: "Diferente de 1994, a situação do desemprego, exclusão social, é muito semelhante, mas agora tem um componente novo que é o ataque aos direitos trabalhistas e previdenciários e o congelamento de recursos nas áreas sociais".

A concentração do ato em São Paulo será às 9h, na Avenida Paulista, na Praça Oswaldo Cruz, em Frente ao Shopping Paulista e percorrerá a Avenida Brigadeiro Luiz Antonio, com encerramento em frente ao Monumento às Bandeiras, no Parque do Ibirapuera.

Confira algumas mobilizações:

São Paulo (SP), às 9h, Praça Oswaldo Cruz, na Avenida Paulista

Campinas (SP), às 9h, Largo do Pará

São José do Rio Preto (SP), às 18h30, Rua Boa Vista, 971

Caraguatatuba (SP), às 16h, no CIDE Centro - Cei/Emei Profª Maria Elma Mansano, Av. Marechal Deodoro da Fonseca, 1.155

 Juiz de Fora (MG),às 9h, Av. Rio Branco esquina com Rua Oscar Vidal

Fortaleza (CE), às 8h, na Arquidiocese de Fortaleza, Avenida Dom Manuel, 3

Campina Grande (PB), às 8h, Diocese de Campina Grande, Rua Afonso Campos, 251

Cascavel (PR), às 8h, Avenida Brasil, 6986

Porto Alegre (RS), às 9h, Rótula das Cuias, Praia de Belas

Eunápolis (BA), às 9h, Diocese de Eunápolis, Avenida Porto Seguro

Rio de Janeiro (RJ), às 9h, Av. Presidente Vargas com Av. Uruguaiana

Edição: Vanessa Martina Silva