São Paulo

Governo Alckmin planeja fundir institutos de pesquisas; pesquisadores criticam medida

Justificativa do poder público é a redução de custos e é avaliada como um retrocesso para o campo da pesquisa

Ouça a matéria:

Governador, segundo profissionais da área, planeja fusão dos Institutos de Botânica, Florestal e Geológico / Diogo Moreira/A2img

De acordo com profissionais da área de pesquisa, a gestão do governador de São Paulo planeja fusão dos Institutos de Botânica, Florestal e Geológico. A justificativa do poder público é a redução de custos. 

Os pesquisadores denunciam um processo de desmantelamento dos órgãos provocado pelo governo de Estado.

Carlos Neder, deputado estadual do PT e coordenador da  Frente Parlamentar em Defesa dos Institutos Públicos de Pesquisa avalia que a fusão apresentará riscos ao desenvolvimento das pesquisas.

Edição: RBA