Consciência Negra

Janine Mathias vai do samba ao rap na Biblioteca Pública do Paraná

O show é nesta sexta (10) e faz parte de uma programação especial dedicada ao Mês da Consciência Negra

Brasil de Fato (PR)

,
Brasiliense radicada em Curitiba desde 2009, Janine Mathias tem o samba em seu DNA artístico / Divulgação

A cantora Janine Mathias é a atração de uma edição especial do projeto Música na Biblioteca, dedicada ao Mês da Consciência Negra. Acompanhada da violonista Érica Silva, ela apresenta um repertório baseado no EP Eu quero mergulhar, marcado por influências que vão do samba ao rap, passando pela soul music, o jazz, o pop e a MPB.

Brasiliense radicada em Curitiba desde 2009, Janine Mathias tem o samba em seu DNA artístico — principalmente por influência do pai, sambista ligado ao cenário boêmio da capital federal.

O hip hop, no entanto, foi o gênero que a colocou no mapa musical brasileiro, a partir de colaborações com alguns dos rappers e produtores mais conhecidos da cidade. Hoje ela transita entre os mais variados gêneros, mas sem perder de vista sua ancestralidade.

Para fica por dentro:

Quando: 10, sexta-feira, às 17h30.

Onde: No hall térreo da Biblioteca Pública do Paraná, rua Cândido Lopes, 133, Centro de Curitiba.

Edição: Ednubia Ghisi