ONLINE

Ouça a Rádio Brasil de Fato na cobertura de atos contra a reforma da Previdência

Cobertura especial pode ser ouvida pelo site ou aplicativo desde as 8h desta segunda (19)

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,
Transmissão também será feita pelo site do MST / Brasil de Fato

A partir das 8h desta segunda-feira (19), entra no ar a cobertura especial da Rádio Brasil de Fato sobre as manifestações contra a reforma da Previdência, previstas em diversas cidades do país. A rádio é online e pode ser ouvida pelo site do Brasil de Fato e pelo aplicativo (disponível, por enquanto, apenas na Play Store: clique aqui para baixar), além do site do MST

A programação ao vivo contará com participação de correspondentes de diversas capitais, além de notícias e análises sobre o impacto da proposta do governo Temer em alterar as regras da aposentadoria. Para isso, contaremos com a rede de jornalistas e comunicadores do Brasil de Fato e parceiros em diversos estados, especialmente em Minas Gerais, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Distrito Federal e São Paulo.

Rádio Brasil de Fato fará entrevistas para comentar a reforma da Previdência e temas da política nacional, como a intervenção militar decretada na última sexta-feira (16) no Rio de Janeiro, pelo governo Temer. Entre os entrevistados confirmados estão Carlos Gabas, ex-ministro da Previdência (governos Lula e Dilma), deputada federal Maria do Rosário (PT-RS), Gilmar Mauro (MST), deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP),Jessy Daiane (vice-presidenta da UNE), Guilherme Boulos (MTST), Douglas Bechior (Uneafro), Thais Lapa (Marcha Mundial de Mulheres), entre outros.

Além da cobertura pela Rádio Brasil de Fato, também teremos a plataforma “Minuto a Minuto” no site, transmitindo em tempo real as informações. Além disso, serão publicados no site do Brasil de Fato conteúdos espanhol sobre as mobilizações.

Retransmissão livre

As rádio comunitárias, educativas, livres, além de site e blogs, podem retransmitir a programação da rádio. Para isso, segue abaixo os links para inserir o player da nossa rádio nos sites, de acordo com as plataformas disponíveis.

✔ Barra com o player para topo de site: https://player.hstbr.net/radioagenciabdf

✔ Link para Winamp: https://player.hstbr.net/radioagenciabdf/winamp.pls

✔ Link para iTunes: https://player.hstbr.net/radioagenciabdf/itunes.pls

✔ Mobile: https://player.hstbr.net/radioagenciabdf/mobile.m3u

Protestos

Movimentos populares e centrais sindicais organizados pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo convocaram atos em diversas regiões do Brasil na segunda-feira (19) contra a reforma da Previdência.

"O governo golpista fez uma medida extremamente radical [intervenção no RJ] justamente para encobrir a derrota que ele teria essa semana [a reforma da Previdência seria votada no Congresso]. Nós não podemos aceitar, de forma alguma, que esse governo continue com esse tipo de medida contra os trabalhadores da periferia, como é o caso do Rio”, diz. 

Vagner Freitas, presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT) acredita que a pressão contra o governo deve ser ampliada nesse momento para garantir que o direito à aposentadoria das trabalhadoras e trabalhadores seja mantido. “A nossa luta é para enterrar de vez a reforma. E uma das estratégias é realizar uma forte mobilização no dia 19, com greves e paralisações, além de intensificar as ações nas ruas e nas redes”, afirma Freitas. 

Edição: Nina Fideles