Rádio

Ouça o Programa Brasil de Fato - Edição Pernambuco - 14/04/18

A edição junta vozes pela justiça na educação, na comunicação e no processo eleitoral.

Brasil de Fato Pernambuco | Recife (PE)

,

Ouça a matéria:

Na entrevista conversamos sobre Reforma do Ensino Médio, Escola sem Partido e resistência política. / Foto: Monyse Ravena | Arte: Diva Braga

O destaque é a entrevista com Fernando Melo, presidente do Sintepe (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco). A conversa adentra avaliações sobre a Reforma do ensino médio e a proposta de educação à distância, a chamada Escola sem partido e a resistência popular diante das medidas do governo sem votos de Michel Temer nas escolas. Fernando Melo discutiu ainda a importância da valorização dos profissionais em educação e os desafios com a nova base curricular nacional. 

A expansão do Brasil de Fato pelos estados nordestinos também ganhou espaço no programa. Nossa reportagem apresentou a rede Brasil de Fato pelo país, em Pernambuco, além do estágio de atividades na Bahia, Sergipe, Paraíba e Rio Grande do Norte. Ouvimos também opiniões sobre a importância o papel social e político do Brasil de Fato. 

A liberdade de Lula e a memória e voz política de Marielle Franco também são destaques. Para o ex-presidente petista, abordamos as manifestações que estão acontecendo mundo afora, realçando a agenda de atividades nas terras pernambucanas. Também detalhamos a campanha "Eu sou Lula", aderida pela vereadora pelo Recife Marília Arraes Lula, do PT. Sobre Marielle Franco, apresentamos a campanha "Amanhecer com Marielle e Anderson", que está sendo realizada em oito países. Também levantamos propostas de lei que estavam sendo tocadas pelo vereadora carioca. 

Os casos de intoxicação registrados por pessoas atingidas pelo maior crime ambiental do país é uma das denúncias em pauta. A reportagem do Brasil de Fato Minas Gerais conferiu pesquisa que afirma a intoxicação de pessoas por conta da água contaminada pelos rejeitos do rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), no dia 05 de novembro de 2015. 

A edição regata ainda a memória da ditadura civil-militar que durou 21 anos. De Brasília, a repórter Cristiane Sampaio conversou com especialistas que reforçam o alerta sobre o que não pode ser esquecido no Brasil de 1964 a 1985. Ainda destacamos o comentário de Vinícius Sobreira sobre as expectativas dos clubes pernambucanos no Campeonato Brasileiro, das séries "A"e "C". De Petrolina, destacamos a polêmica proposta de uma vereador que propõe o título de cidade petrolinense ao juiz paranaense de primeira instância Sério Moro. 

 

 

 

 

 

Edição: Daniel Lamir