Economia Governo Temer propõe aumento de 5% do salário mínimo que chegará a R$1.002

"Novo salário mínimo de Temer está distante do necessário", diz diretor do Dieese

Clemente Ganz Lúcio explica a mudança de regra sobre o reajuste; valor passa a ser de R$1.002 em 2019

Ouça a matéria:

Entenda a regra de reajuste que será aplicada em 2020 / Flickr

Clemente Ganz Lúcio, diretor técnico do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), comenta a política de valorização do salário mínimo do governo. A proposta é que o salário mínimo vá para R$ 1.002 no próximo ano. O valor representa alta de 5% em relação ao atual (R$ 954). O diretor técnico do Dieese, explica também a mudança na regra de reajuste que será aplicada a partir de 2020. Ouça a entrevista de Marilu Cabañas.

 

Edição: Redação