Direitos humanos

O relatório da Comissão da Verdade da USP aponta violações de direitos

Funcionários e alunos foram afetados no período de 1964 a 1985

Ouça a matéria:

O relatório possui 10 volumes e conta com análises e entrevistas de diversas universidades / Flickr

Janice Theodoro da Silva, historiadora, coordenadora da Comissão da Verdade da Universidade de São Paulo (USP), comenta as violações de direitos humanos que atingiram docentes, funcionários e alunos, do período de 1964 a 1985. Segundo a própria instituição, o destaque é do papel desempenhado pela Assessoria Especial de Segurança e Informação (Aesi), órgão criado durante a gestão do reitor Miguel Reale, que tinha como finalidade “realizar triagem ideológica de alunos, professores e funcionários”.

O relatório de 10 volumes traz análises de diversas faculdades, com entrevistas. A historiadora também comenta o caso da professora Ana Rosa Kucinski, que foi presa e demitida da universidade.

Ouça a entrevista de Marilu Cabañas.

Edição: Redação