SOLIDARIEDADE

“Os artistas precisam ajudar a furar o cerco da informação”, afirma atriz

Lucélia Santos e Orã Guimarães participaram de debate na Casa da Democracia

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,
Lucélia Santos em visita ao acampamento Marisa Letícia em Curitiba / PH Reinaux

O ator Orã Guimarães e a atriz Lucélia Santos visitaram na tarde desta quarta-feira (02) a Vigília Lula Livre e o Acampamento Marisa Letícia em Curitiba (PR), que estão ao lado da Superintendência da Polícia Federal, em solidariedade ao presidente Lula. Eles também estiveram na Casa da Democracia, que abriga o trabalho de veículos de comunicação populares também em Curitiba, participando do debate Democracia em Rede. Na entrevista, ambos Orã e Lucélia demarcaram o total desacordo com sua prisão, que classificaram como “injusta”. A importância da arte e o papel dos artistas na defesa da democracia também foram temas da conversa.

“Eu estava gravando; interrompi a gravação para vir para cá e acho que todo mundo deveria vir, ver de perto esse acampamento que é importante para a política, mas é também um grito de liberdade”, apontou Orã Guimarães. O ator, que também esteve presente no ato unificado do 1º de Maio em Curitiba, contou sobre sua experiência e os momentos de emoção que tem vivido na vigília democrática Lula Livre. “Esse é um espaço que as pessoas estão se ajudando o tempo todo; se ajudam, acolhem umas as outras, isso é revolucionário”, afirmou.

A atriz Lucélia Santos fez um apelo aos colegas de profissão: “nós precisamos nos manifestar, ajudar a furar o cerco da informação, derrubar o muro da não-informação”. Lucélia contou na entrevista que cresceu na frente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e que já solicitou uma visita ao ex-presidente. Ela também enfatizou a necessidade da criatividade nas formas de reivindicação de direitos e na defesa de Lula.

Edição: Catarina de Angola