Receita

Aprenda a fazer o macarrão caseiro com massa de couve da Feira da Reforma Agrária

Prato vegetariano preparado pelas cozinheiras do Paraná é uma das dezenas de opções do espaço da Culinária da Terra

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

A sem-terra Natalina Oliveira ensina o preparo do alimento saudável e nutritivo / Marcelo Cruz

Uma das opções de pratos vegetarianos oferecidos no espaço da Culinária da Terra na terceira edição da Feira Nacional da Reforma Agrária, que ocorre em São Paulo (SP), é o macarrão caseiro de massa integral de couve servido com molho de legumes.

Como a receita foi passada de geração a geração, as sem-terra paranaenses fazem o macarrão sem medidas esquematizadas. Mas, a pedido do Brasil de Fato, quem ensina o preparo da receita é Natalina Oliveira, do acampamento Herdeiros da Luta, localizado no município de Porecatu (PR). "É muito simples, não tem segredo", garante ela.

"É uma herança que a gente tem dos nossos avós e que hoje, diante de toda essa dificuldade que temos quanto à alimentação saudável, nós partimos para esse procedimento de macarrão devido ao valor nutricional dele e também pelas variedades que a gente pode utilizar."

O primeiro passo é misturar com as mãos quatro ovos caipiras com duas colheres de óleo de milho ou de canola, com a farinha integral e o suco integral da couve. Para um macarrão de boa qualidade, o ponto é uma massa firme e seca.

Depois, basta esticar a massa no rolo ou cilindro. Quem não tiver máquina própria para o corte do espaguete, pode cortar com a faca, basta enrolar a massa na forma de rocambole e cortar em tiras. 

O cozimento do macarrão, na água fervente e sal, demora cinco minutos. Na Feira Nacional da Reforma Agrária, o alimento é servido com molho de tomate caseiro temperado com abobrinha, maxixe, cenoura, cebolinha, cebola e salsinha.

A couve também pode ser substituída por suco de beterraba para novo sabor de massa. As cozinheiras utilizam a farinha integral, ovos caipiras e a couve produzidos no próprio acampamento, sem a utilização de nenhum tipo de agrotóxico.

Você pode experimentar a receita na tenda do Paraná no espaço da Culinária da Terra até este domingo (6).

Edição: Diego Sartorato