Mobilização

Comunidade em João Pessoa realiza reunião do Congresso do Povo

Moradores se reúnem para debater em especial o direito a moradia

Brasil de Fato | João Pessoa (PB)

,
Na sede da Associação de Cidadania e Inclusão Social no Gervásio Maia é realizada reunião do Congresso do Povo com mais de oitenta pessoas. / Christian Woa

O conjunto habitacional Gervásio Maia localizado no bairro Colinas do Sul em João Pessoa foi fruto da luta por moradia. Foram 1.336 casas entregues no ano de 2007 e 2008 para famílias que há anos lutavam por teto. Dez anos depois dessa grande conquista, mais famílias do Colinas do Sul seguem na luta por residência própria. Foi neste local que na noite chuvosa da última terça-feira (09/05) a Associação de Cidadania e Inclusão Social reuniu esses moradores para discutir a organização do Congresso do Povo.

A presidente da Associação abriu a noite falando do motivo da reunião. “Estamos aqui hoje para conversar sobre o que faremos juntos para garantir casa a quem ainda não conquistou” e completa a líder comunitária conhecida como Dona Zefinha da Moradia: “a situação que vive o Brasil é muito difícil para o povo e só com luta coletiva é possível mudar para melhor”. 



Participantes ao final da reunião do Congresso do Povo no conjunto habitacional Gervásio Maio.   



Mais de oitenta moradores estiveram presentes na reunião, entre homens, mulheres, jovens e idosos. A programação da noite se dividiu em dois momentos. Primeiro houve uma análise da situação brasileira para o povo trabalhador, a situação da prisão de Lula e a construção do Congresso do Povo com a participação da Frente Brasil Popular. Em seguida discutiu-se a questão organizativa da luta por moradia em João Pessoa com integrantes do Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras por Direitos (MTD). 

Segundo Dona Zefinha a luta das famílias do Colinas do Sul que seguem sem moradia vem encontrando dificuldades nas negociações junto a prefeitura. “Eles tão congelando a gente, tão nos deixando em banho maria”, denuncia. Durante a reunião a lutadora por moradia acrescentou que “essa situação só vai mudar quando a gente [os moradores] tivermos bem unidos e irmos lá na prefeitura fazer uma visita, e só assim a gente consegue avançar, por isso estamos com o MTD”.

Para Ivanildo, morador do Colinas do Sul e militante da luta por moradia, “o povo não deve ter medo, não deve ter vergonha de lutar por moradia, quem luta por moradia luta por emprego, quem luta por emprego luta por seu caráter, sua dignidade”. E completa dizendo que assim como ele conquistou sua casa junto com muitos outros que fizeram a luta, o povo que ali estava também conquistaria se lutassem e perseverassem juntos.

Ao final da reunião todos saíram com o compromisso de organizar um grande dia de luta para recolocar o tema da moradia na pauta do governo municipal. O Congresso do Povo é uma ação unitária dos movimentos sociais que compõem a Frente Brasil Popular. Em João Pessoa as reuniões locais estão acontecendo em diferentes bairros e comunidades, em cada uma delas os participantes identificam quais os principais problemas do bairro e como se organizar para solucioná-los. Depois da etapa local acontecerão as etapas municipais, que o de João Pessoa está indicado para o dia 9 de junho. Após as municipais ocorrerão o Congresso do Povo estadual e nacional ambos durante o mês de julho.

Edição: Homero Baco