Golpe

Editorial | Quanto tempo Lula permanecerá preso?

"Lula era uma ameaça à manutenção do programa neoliberal. Afinal, as pesquisas todas indicavam que ele poderia ganhar"

Brasil de Fato | Belo Horizonte (MG)

,
"Querem dois neoliberais no segundo turno para ganhar por w.o." / Ricardo Stuckert

Lula está preso pelos mesmos motivos que levaram à retirada ilegal da presidenta Dilma Rousseff do seu cargo. Diante da crise econômica internacional iniciada em 2008, que atinge o Brasil sobretudo a partir de 2012, os capitalistas queriam se apossar do Estado brasileiro para: retirar direitos, aumentar a exploração sobre a força de trabalho e sobre os recursos naturais (incluindo o pré-sal), entregar o patrimônio das estatais à iniciativa privada, fortalecer a presença do mercado na Saúde, na educação e na Previdência, dentre outras medidas que contribuam para que possam retomar sua taxa de lucro. 

Tentaram apostando tudo e construindo unidade em torno da candidatura de Aécio Neves em 2014. não deu. Foi preciso então tentar dobrar Dilma Rousseff, não deu. Realizaram o golpe do impeachment por pedaladas fiscais, uma desculpa esfarrapada. 

Lula era uma ameaça à manutenção desse programa neoliberal. Afinal, as pesquisas todas indicavam que ele poderia ganhar no primeiro turno, senão, no segundo. Depois de tudo o que fizeram, não querem correr o risco de perder as eleições de 2018. Querem colocar no segundo turno um fascista (Bolsonaro, por exemplo) e um neoliberal (que pode ser Alckmin, Doria, Marina, Rodrigo Maia, Luciano Huck ou outro qualquer). Ou mesmo dois neoliberais no segundo turno. Forçariam assim a vitória e continuidade do programa neoliberal, que retira direitos, ataca a soberania nacional e restringe a democracia. Querem ganhar por w.o. 

Farão tudo para garantir esse cenário. Prenderam Lula, à revelia da opinião mundial e da maior parte dos juristas, sem provas. Se preciso for, adiarão as eleições. Lula foi escolhido candidato pelo povo pobre e trabalhador. O ex-presidente é a maior liderança deste país e é quem tem mais condições de reverter as medidas tomadas, desde o impeachment, por Temer, pelo PMDB e pelo PSDB. Apesar do ataque diário da mídia empresarial contra Lula, ele seguia crescendo nas pesquisas.

Os capitalistas possuem parte do Judiciário com eles, os grandes meios de comunicação, boa parte do Legislativo, a Polícia Federal e as Forças Armadas. O julgamento não é político, nem segue critérios “técnicos” ou “legais”. Com toda essa força, vão manter Lula preso enquanto acharem necessário. Ou enquanto quem defende a democracia não tiver força para tirá-lo de lá. Todo brasileiro e brasileira que quer defender seus próprios direitos, a democracia e a soberania nacional, tem na defesa do #LulaLivre o principal caminho para alcançar esse objetivo. 

Edição: Joana Tavares