LEITURA

O que tu indica? | Para compreender o Brasil

O livro do sociólogo Jessé Souza busca explicar como fatos do passado se ligam à conjuntura atual

Recife (PE)

,
O livro também pode ser baixado gratuitamente pela internet / Mídia Ninja

‘O Brasil não é para principiantes’. Esse é o mais novo jargão utilizado em salas de aulas, nas rodas de amigos e encontros familiares e até em mesa de bar. Se é clichê ou não, isso pouco interessa. O que está em jogo é tentar entender o Brasil, um dos mais desiguais países do mundo, onde poucos têm muito e muitos têm pouco – quase 30% da renda do país está concentrada nas mãos de 1% da população. Para compreender a que pontos chegamos é preciso ler. Ler de tudo, mas, principalmente, sobre a construção histórica, social e política dessa jovem nação.

Uma dica para deixar de ser principiantes e entender as mazelas brasileiras é recorrer a Jessé Souza, sociólogo, pesquisador e escritor com vasta literatura que procura explicar o Brasil. Sua última publicação é o livro “A Elite do Atraso – da escravidão à Lava Jato”, uma obra didática, de fácil entendimento, e que sua versão digital pode ser adquirida gratuitamente pelo link: https://goo.gl/PAbKoY

Jessé Souza apresenta a atualidade recorrendo ao passado, um passado que pavimentou as desigualdades do presente. No primeiro capítulo, o autor fala sobre o racismo a partir da experiência da escravidão, que deixou como sequelas a exclusão social. Na segunda parte, o leitor vai entender como se deu a divisão das classes sociais e os privilégios que se perpetuam até os dias de hoje, dando origem ao ódio de classe que assistimos diariamente no nosso cotidiano.

Por fim, o autor unifica o perfil racista e excludente da sociedade brasileira com o privilégio da classe dominante para explicar o Brasil da Lava Jato, um projeto jurídico-midiático que surge em 2014 para criminalizar a esquerda e destruir a imagem do ex-presidente Lula - preso em Curitiba há mais de um mês -, considerado o maior líder político da história do país. A classe trabalhadora precisa se apropriar de conhecimento para se impor diante de um país que não é para principiantes. E o livro de Jessé Souza já é um bom começo.

*é jornalista, mestre em comunicação, doutoranda em Serviço Social e assessora de Comunicação do Sindicato dos Servidores Federais no Estado de Pernambuco (Sindsep-PE).

Edição: Monyse Ravenna