Clubes do RJ no Brasileirão

PAPO ESPORTIVO | Hoje é dia de Clássico dos Milhões no Campeonato Brasileiro

Flamengo e Vasco fazem o grande jogo do final de semana; Fluminense e Botafogo também entram em campo

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)

,

Ouça a matéria:

Rubro-negros e cruzmaltinos se reencontram em situações bem diferentes na temporada / Gilvan de Souza / flamengo.com.br

Flamengo e Vasco chegam em momentos completamente diferentes para o Clássico dos Milhões deste sábado (19), no Maracanã. Mesmo separados por apenas três pontos na tabela de um Campeonato Brasileiro que ainda vai para a sua sexta rodada. Mas tente explicar ao torcedor mais fanático que a competição está apenas no início. Ele quer ver seu time superando seus adversários e rivais históricos sem dó nem piedade sem se preocupar com o que acontece nos bastidores ou com a situação financeira da instituição. Sempre foi e sempre será assim.

No lado rubro-negro, o clima é de alívio refrescante. A vitória sobre o Emelec e a consequente classificação antecipada para as oitavas de final da Copa Libertadores da América tirou um peso enorme das costas de jogadores e comissão técnica. A torcida comemorou muito na quarta-feira e ganhou ainda mais confiança para acreditar que esse elenco (mesmo tendo sido muito mal montado pela diretoria) pode sim chegar longe na temporada. Além disso, nomes como Rodinei, Diego Alves, Cuellar, Renê, Réver e principalmente Éverton Ribeiro cresceram no momento certo e comandaram o time no triunfo sobre a equipe equatoriana. E o técnico Maurício Barbirei (apelidado "carinhosamente" pela torcida de "estagiário") ganhou um voto de confiança e segue à frente do time. Até quando, porém, não se sabe.

E no lado cruzmaltino, o momento é de incerteza dentro e fora de campo. Por mais que o técnico Zé Ricardo tenha conseguido recuperar o Vasco na temporada passada e levar o time à Libertadores, a lua de mel com a torcida parece estar próxima do fim. As constantes panes do sistema defensivo e a péssima campanha na competição sul-americana minaram o trabalho do treinador que se vê no meio de um furacão com a briga pelo poder dentro do clube e a precária situação financeira do Vasco. Além disso, a insistência em nomes como Wellington e Paulão já extrapolou todos os limites da paciência. Este que vos escreve se arrisca a dizer que uma derrota no sábado pode deixar Zé Ricardo por um fio no Vasco. Ou até pior. Vamos aguardar.

Apesar de tudo o que foi colocado aqui, ainda é muito difícil apontar um favorito. Já cansei de ver as duas equipes se superarem nas mais complicadas adversidades e comemorarem vitórias sobre seus rivais. E por que não seria diferente em 2018? Só espero que as duas torcidas pensem apenas em torcer e deixem a violência de lado dentro e fora do Maracanã.

E O BOTAFOGO?

Os comandados de Alberto Valentim seguem surpreendendo muita gente. A vitória sobre o Fluminense foi muito importante e deixou o Glorioso mais próximo da parte de cima da tabela. E dependendo do resultado do Clássico dos Milhões e das demais partidas, o Botafogo pode até brigar pela liderança caso vença o América-MG no próximo domingo (20). Mas não pensem que será um jogo fácil. O Coelho é forte jogando em casa e já mostrou que vai dar trabalho aos times de maior investimento. Todo cuidado é pouco.

E JÁ QUE EU FALEI NO FLUMINENSE…

O Fluzão tem uma ótima oportunidade de se reencontrar com as vitórias neste domingo. O adversário será o Atlético-PR que vem de uma sequência de derrotas no mínimo incômoda. O bom lateral Ayrton Lucas é desfalque certo, mas o time de Abel Braga tem força e pode vencer o Furacão no Maracanã sem muitos sustos ainda mais com o trabalho de Fernando Diniz (o novo "queridinho" da imprensa esportiva) sendo colocado em xeque. Mas só teremos certeza disso quando a bola rolar.

Grande abraço e até a próxima!

Edição: Brasil de Fato RJ