Eleições

PT reafirma candidatura de Lula à presidência em diversos atos no país

O lançamento nacional da pré-candidatura está marcado para o próximo dia 9 de junho

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

Lançamento da pré-candidatura de Lula pelo PT / Rute Pina

O Partido dos Trabalhadores (PT) realizou, em diversos municípios do país, o pré-lançamento da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República, neste domingo (27), data em que completam 50 dias de sua prisão política.

Em São Paulo, o ato ocorreu no diretório municipal do partido, com a presença de militantes e apoiadores de Lula.

O ex-presidente cumpre o mandado de prisão expedido pelo juiz Sergio Moro desde o dia 7 de abril, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR).

O presidente do PT municipal, Paulo Fiorilo, explicou que o objetivo da ação é reiterar que Lula pode participar da corrida eleitoral.

“ A decisão do PT é de inscrever Lula porque temos esses casos de candidatos que estavam presos ou impossibilitados que puderam disputar e, inclusive, alguns ganharam a eleição. O PT entende que é fundamental inscrever Lula dia 15 [de agosto] para fazer a disputa, principalmente neste momento tão difícil que a gente está vivendo de crise dos combustíveis, crise gerada pelo próprio governo com sua política de privatização”, disse Fiorilo.

A ex-ministra de Dilma Rousseff, Eleonora Menicucci, afirmou que o PT permanece sem outro nome para concorrer ao pleito.

"Nós estamos aqui reafirmando que acreditarmos que essa ditadura de togada vai acabar.”

A militante Rosângela Veiga da Silva, que mora na zona sul da capital paulista, está confiante na eleição de Lula em outubro.

“Juridicamente, a gente pode sim votar nele. A gente tá vivendo um retrocesso muito grande, com a venda de patrimônios nacionais e a gente acredita que, mesmo preso, ele vai ganhar. Agora, se vão deixar ele governar eu não sei. Mas estamos fazendo nossa parte como militante e também pelo bem social, porque ele foi o único que governou pelo povo”, disse.

Também estiveram presente no ato o presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, e a vereadora Juliana Cardoso. 

O evento nacional de lançamento da pré-candidatura está marcado para o próximo dia 9 de junho, em Belo Horizonte (MG).

O registro das candidaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ocorre até o dia 15 de agosto.

Edição: Katarine Flor