ASTROS

OUVIR ESTRELAS| Por dentro do signo de escorpião

Escorpião (aproximadamente 24 de outubro a 23 de novembro)

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)

,

Ouça o áudio:

Escorpião é o oitavo signo do Zodíaco, o segundo do elemento água / Divulgação

Escorpião é o oitavo signo do Zodíaco, o segundo do elemento água. Câncer, o primeiro signo de água, representa as emoções,  a sensibilidade visível como a água rasa e cristalina. Escorpião representa os sentimentos, a sensibilidade escondida sob a água turva e profunda.

Quem nasce com o Sol em Escorpião tem uma tendência natural à introspecção. Não precisa gostar de meditar ou se decidicar à auto observação. Sua profunda sensibilidade funciona como um rodamoinho que puxa pra dentro de si, mesmo que a pessoa não faça ideia do que tem “dentro”.

Há quem tema este signo, porque Escorpião nos lembra que o bem e o mal são parte de nós. Mesmo sem querer, as pessoas de Escorpião veem o que escondemos atrás de nossas atitudes “politicamente corretas”. São especialistas em provocar desconforto, apontando os monstros que escondemos por baixo de nossas fantasias de anjos. Se estivermos muito determinados a não vê-las, vamos devolver a imagem feia para quem nos fez vê-la.

Por isso, o desafio das pessoas de Escorpião é reconhecer os próprios monstros e o medo que eles provocam. Caso contrário, vão enxergar apenas a sombra alheia e se tornar ressentidas, pois serão feridas pelos outros. Pessoas de Escorpião são sensíveis e amorosas. E extremamente confiáveis, desde que se permitam ver as próprias sombras. 

Escorpião possui grande magnetismo que se expressa em diversos níveis, da sexualidade ao poder político e espiritual. Se ficar dependente deste magnetismo, o Escorpião pode se tornar um manipulador compulsivo. Mas se souber lidar com a impermanência das relações, este magnetismo se expressa como uma amorosa força transformadora profundamente terapêutica para os que estão ao seu lado.

Edição: Jaqueline Deister