ASTROLOGIA

Ouvir Estrelas | Por dentro do signo de Aquário

Aquário (aproximadamente 21 de janeiro a 19 de fevereiro)

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)

,

Ouça a matéria:

Aquário é o décimo primeiro signo do zodíaco, do elemento ar, que representa o pensamento / Reprodução

Aquário é o décimo primeiro signo do zodíaco. O terceiro do elemento ar, que representa o pensamento. A mente geminiana é rápida, curiosa pelos detalhes. Libra observa o ambiente e busca sua harmonia. Aquário é a mente voltada às grandes questões da humanidade e à inovação.

Aquário precisa de liberdade para voar, pelo menos mentalmente. Aquário é a mente inovadora, capaz de criar novas formas de pensar o mundo. O que pode criar muita dificuldade com os problemas menores do cotidiano. Pessoas que nascem com o Sol em Aquário podem criar muita confusão tentando resolver o dia-a-dia com a mente sempre em vôo. 

Não é fácil lidar com a mente aquáriana vivendo no limite que o corpo físico exige. Talvez por isso, é comum percebermos nos aquarianos uma contradição entre suas ideias inovadoras e libertárias e uma atitude conservadora. É o signo da rebeldia, que contesta os paradigmas estabelecidos. Mas só pode combater a ordem quem é capaz de reconhecer o valor dela. O desafio de Aquário é compreender que a verdadeira luta a travar é interior. O conservador que aprisiona Aquário está dentro dele, não do lado de fora. O caminho mais direto para o equilíbrio é a meditação.

Aquário é mais habilidoso com as ideias do que com as emoções e prefere certa impessoalidade nas relações. Aquário pode ser intuitivo, mas tem dificuldade de seguir a intuição se não tiver uma boa explicação para o que intui. Por isso, é o signo que rege a Astrologia, uma ciência divinatória, que usa a matemática dos astros para conhecer a liberdade da alma

Edição: Brasil de Fato RJ