SAÚDE

Saúde pública e desmonte do SUS são temas de debate no Rio de Janeiro

O seminário "Democracia é Saúde" acontecerá neste sábado (21) e é organizado pela Frente Brasil Popular

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)

,
O seminário acontecerá no Sindicato dos Médicos, Av. Churchill, 97, no centro do Rio, neste sábado (21) das 9h às 14h / Divulgação

Dentro da atividades de construção do Congresso do Povo está pensar problemas e apontar soluções para o cotidiano dos brasileiros. A saúde, nesse sentido, figura como uma das questões principais desse processo. Pensando nisso, entidades, movimentos sociais e partidos políticos que compõem a Frente Brasil Popular (FBP) organizaram o seminário "Democracia é Saúde", que pretende discutir o tema dentro da conjuntura atual na cidade do Rio de Janeiro. 

É o que explica Renato Santos, médico da Rede Nacional de Médicos e Médicas Populares, uma das organizações que organiza o seminário. O encontro acontece neste sábado (21).

"Esse é um dos lemas que foi utilizado na 8ª Conferência Nacional de Saúde, que resgata um pouco o lema das várias entidades que fizeram parte do movimento da reforma sanitária que criou o sistema único de saúde. A gente recupera isso entendendo a conjuntura de golpe que vivemos, o desmonte do SUS e dos impactos que isso tem trazido para a população brasileira e para sociedade carioca", explicou o médico.

Ele ainda lembra que o estado do Rio está sob intervenção militar e que vários municípios estão afetados pelo desmonte feito a nível federal. "A ideia é fazer essa discussão, trazendo justamente como um dos temas de que o SUS é do tamanho do povo, não é de acordo com a política de austeridade fiscal e ai vai ser cortada as verbas, demitidos profissionais, vai ser desmontado o programa, mas sim de acordo com as necessidades daquela população", conclui.

Além deste debate, o seminário vai contar com oficinas sobre alimentação sem agrotóxicos, saúde da população negra, saúde da mulher e uma discussão sobre as doulas. O evento acontecerá no Sindicato dos Médicos, Av. Churchill, 97, no centro do Rio, das 9h às 14h.

Edição: Brasil de Fato RJ