Eleições 2018

Depois do recuo de Osmar, Goura se coloca para disputar o governo

Depois de naufragar a aliança com o MDB de Requião e de Álvaro Dias, Osmar, do PDT, ficou praticamente isolado

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,
Goura, vereador do PDT em Curitiba, colocou seu nome à disposição do partido para concorrer ao governo do estado / Joka Madruga

Nesta sexta-feira (3), o ex-senador Osmar Dias anunciou que não irá disputar as eleições para o governo do estado. Depois de naufragar a aliança com o MDB de Requião e de Álvaro Dias, do Podemos, e declarar apoio à Ratinho Jr., o candidato do PDT ficou praticamente isolado.

Diante deste cenário, Goura, vereador do PDT em Curitiba, colocou seu nome à disposição do partido para concorrer ao governo do estado. A sexta-feira deve ser intensa para os pedetistas paranaenses, uma série de conversas entre os quadros e a base do partido devem agitar a véspera da convenção que ocorre amanhã (4) em Curitiba.

Liderança da oposição na Câmara de Curitiba, Goura conta com apoio da nova geração do PDT. Reconhecido pela pauta da ciclomobilidade, fiscalização e merenda escolar (veja entrevista ao especial Eleições 2018, do BdF-PR), Goura está em seu primeiro mandato de vereador e preparava sua campanha para deputado estadual.

Numa possível candidatura, com a reviravolta no cenário, Goura pode encabeçar o PDT na disputa local e abrir espaço para o presidenciável Ciro Gomes, no Paraná.

Edição: Laís Melo